Tamanho do texto

Ansioso para jogar seu primeiro clássico, goleiro aproveita o momento para mostrar seu trabalho ao novo técnico, mas enfatiza respeito ao titular lesionado

Fábio, goleiro do Palmeiras
Fabio Menotti/Ag Palmeiras/Divulgação
Fábio, goleiro do Palmeiras

A Copa do Mundo vai chegando ao fim, mas deixará seu legado na história do futebol. Substituto imediato de Fernando Prass no gol do Palmeiras , Fábio procurou observar ao máximo as atuações de todos os arqueiros das equipes participantes da competição no Brasil para aperfeiçoar seu trabalho e colaborar ainda mais com o clube.

"Eu tento absorver o máximo possível de informações. Os goleiros estão fazendo uma excelente Copa do Mundo. O goleiro da Costa Rica (Keylor Navas), o Neuer (da Alemanha), o Ochoa (do México). Tento assimilar um pouco de cada um para fazer um grande papel", declarou o jogador de 24 anos, em entrevista coletiva.

Prass segue se recuperando de uma fratura no cotovelo direito e, enquanto isso, Fábio aproveita o momento para mostrar seu trabalho ao novo técnico, Ricardo Gareca. Apesar disso, o arqueiro fez questão de exaltar a importância do titular palmeirense.

"O frio na barriga ainda continua. Fiz os meus oito jogos, está sendo gostosa demais essa experiência. Mas sempre quero dar ênfase de que o Prass é o titular. Quero aproveitar o meu momento, aqui é a minha casa e estou muito feliz", colocou.

O Palmeiras retorna aos gramados na quinta-feira, 17 de julho, às 19h30 (horário de Brasília). O confronto, que marca a reestreia do time no Brasileirão, será contra o Santos, na Vila Belmiro. Fábio, que ainda nunca tinha participado de um clássico, está ansioso. "Esse será o meu primeiro clássico, estou ansioso e espero que possamos fazer um excelente trabalho e sairmos vitoriosos".

* Com Gazeta

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas