Tamanho do texto

Técnico Arsene Wenger lembrou as atuações do jogador na Copa para elogiá-lo. Ex-Barcelona, chileno custou 19,4 milhões de libras esterlinas (cerca de R$ 76 milhões)

Alexis Sánchez posa com a camisa do Arsenal
ARSENAL/ DIVULGAÇÃO
Alexis Sánchez posa com a camisa do Arsenal

Na tarde desta quinta-feira, o Arsenal enfim anunciou em seu site oficial o acordo com Alexis Sánchez. Assim como esperado, o atacante chileno deixa o Barcelona após três temporadas para atuar em gramados ingleses, e chega ao clube para brigar por vaga no ataque.

"Estou muito feliz de acertar com o Arsenal, um clube que tem um grande técnico, um elenco fantástico, muitos torcedores e um ótimo estádio em Londres", lista o novo reforço. "Estou pensando no futuro para conhecer meus novos companheiros e defender o Arsenal no Campeonato Inglês e na Liga dos Campeões. Darei o meu melhor pelo time e quero fazer todos os torcedores felizes", espera Sánchez.

Segundo a imprensa inglesa, ele custou 19,4 milhões de libras esterlinas (cerca de R$ 76 milhões). O clube londrino levou a melhor sobre o rival Liverpool, que também tinha interesse no jogador. O técnico Arsene Wenger lembrou as atuações do chileno nas últimas semanas para elogiar o recém-contratado.  "Como muitas pessoas puderam ver durante a Copa do Mundo, Alexis é um jogador fantástico e estamos encantados que ele tenha chegado ao Arsenal", celebra o treinador, que ainda analisa as qualidades do atacante. "Alexis vai adicionar força, criatividade e muita qualidade ao elenco".

O reforço, porém, não tem vaga certa no setor ofensivo da equipe. Para conquistar a vaga de titular, Sánchez terá que apresentar mais futebol do que o francês Olivier Giroud e o costarriquenho Joel Campbell.

*Com Gazeta

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas