Tamanho do texto

Ex-jogador se sentiu mal durante um almoço com a família em Madri e foi levado ao hospital em estado grave

Alfredo di Stefano fez história no futebol
Reuters
Alfredo di Stefano fez história no futebol

O argentino Alfredo Di Stéfano, lenda do futebol e ídolo do Real Madri, sofreu um ataque cardíaco neste sábado, em Madri, e entrou em coma. O incidente aconteceu enquanto o ex-jogador de 88 anos almoçava com sua família nas proximidades do estádio Santiago Bernabeu. Di Stéfano se sentiu mal e precisou ser colocado em uma cadeira de rodas, e quando uma ambulância chegou ao local, ele estava com parada cardiorrespiratória.

Um porta-voz do hospital Gregorio Marañon, onde Di Stéfano está internado, informou  sobre seu estado de saúde. "Os serviços de urgência fizeram massagens e, depois de 18 minutos, seu coração voltou a parar e ele foi levado em estado grave ao hospital. Ele está em coma e nós acompanhamos de perto a sua evolução", declarou.

Segundo o jornal El País, Di Stéfano já havia sido internado sete vez com ataques similares, mas este foi o mais sério de todos.

Nascido em Buenos Aires, Di Stéfano já atuou pelo River Plate, Barcelona e outros clubes, mas se destacou no Real Madri, onde jogou por 11 temporadas, conquistou cinco Copas da Europa e atualmente tem o título de presidente honorário.

Ele também defendeu as seleções da Argentina, Colômbia e Espanha. Por seu país de origem, jogou apenas seis partidas, na década de 40. Pela Colômbia foram apenas três amistosos. Já na seleção espanhola, sagrou-se artilheiro máximo até os anos 90, mas jamais disputou uma Copa do Mundo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas