Tamanho do texto

Clube, que já escapou da punição de não poder contratar na janela do meio do ano, é acusado de desrespeitar as normas da entidade para assinar com jogadores menores de idade

Josep Maria Bartomeu, presidente do Barcelona, mostra papel com detalhes da negociação de Neymar
Manu Fernandez/AP
Josep Maria Bartomeu, presidente do Barcelona, mostra papel com detalhes da negociação de Neymar

Depois de correr o risco de ficar sem poder contratar jogadores entre julho e agosto deste ano, o Barcelona ainda não está totalmente livre de passar por sanções da Fifa. A entidade confirmou a data da nova audiência do clube para o próximo dia 19 de agosto.

O clube catalão é acusado de desrespeitar as normas da Fifa para a contratação de jogadores menores de idade. A prática é comum no time, que costuma trazer jovens com potencial para suas categorias de base, com menos de 15 anos. O caso mais famoso é o argentino Lionel Messi, que deixou seu país natal com 13 anos.

De acordo com as regras da entidade, é proibida a transferências de atletas com menos de 18 anos entre clubes de diferentes países. Para a Fifa, as exceções existem quando o responsável legal pelo jogador mude de país por motivos não ligados ao futebol, se o local da mudança não for superior a um raio de 50 km da casa do jovem, se a mudança for entre países da União Europeia ou se o jogador tiver 16 anos ou mais.

Inicialmente, o Barça acabou punido em abril com a proibição de contratar atletas pelas próximas duas janelas de transferências e ainda foi multado. O clube, no entanto, conseguiu uma liminar que suspendia a decisão até que o recurso fosse julgado.

Preocupado com a chance de ser punido novamente, o time tem agido intensamente em negociações nas últimas semanas. A equipe entende que o ciclo iniciado por Pep Guardiola em 2008 chegou ao fim e pretende renovar o elenco. Até o momento, foram contratados os goleiros Claudio Bravo, Marc-André Ter Stegen, o meia Alen Halilovic e o volante Ivan Rakitic, ao passo que os goleiros Pinto e Victor Valdés, o zagueiro Puyol e o meia Fàbregas foram desligados do elenco.

* Com Gazeta

    Leia tudo sobre: futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas