Tamanho do texto

Clube mineiro cedeu sua sede à seleção da Argentina durante a Copa do Mundo e a estrutura agradou à comissão técnica e aos jogadores comandados por Alejandro Sabella

De volta ao Brasil após uma série de amistosos na China, os jogadores do Atlético-MG , que ganharam folga até sábado, vão se reapresentar ao clube e seguir para Argentina na madrugada deste domingo para o compromisso contra o Lanús, que vale o título da Recopa Sul-americana. O clube vai fazer da parte da preparação no centro de treinamento da Associação de Futebol Argentino, a AFA.

Alexandre Kalil confirmou o acerto com o principal mandatário da AFA, Júlio Grandona. O Atlético-MG cedeu a Cidade do Galo à seleção argentina durante a Copa do Mundo e a comissão técnica e os jogadores comandados por Alejandro Sabella ficaram satisfeitos com a estrutura mineira.

A delegação atleticana chega no dia 6 em Ezeiza, local de treinos da seleção da Argentina, que fica a 30 quilômetros da capital Buenos Aires e trabalha no CT da AFA até o dia 15, véspera do primeiro jogo decisivo contra o Lanús, no estádio La Fortaleza.

O jogo de volta contra os argentinos será realizado no Mineirão, no dia 23 de julho. O desejo dos brasileiros era mandar a partida no Independência, mas o estádio não tem a capacidade exigida pela Conmebol. A Recopa Sul-americana reúne o campeão da Libertadores e o campeão da Copa Sul-americana.

* Com Gazeta

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.