Tamanho do texto

Ex-goleiro do Palmeiras morreu na noite de sexta-feira. A CBF também divulgou nota em homenagem ao ídolo

Oberdan Cattani, ex-goleiro do Palmeiras
Djalma Vassão/Gazeta Press
Oberdan Cattani, ex-goleiro do Palmeiras

O falecimento do ex-goleiro Oberdan foi lembrado nomes do esporte e do Palmeiras na manhã deste sábado. Marcos, ex-goleiro do Palmeiras, usou as redes sociais para escrever palavras de conforto à família do ídolo e o homenageou com uma foto.

"Faleceu o maior e melhor goleiro da nossa história, Oberdan Cattani. O homem se vai, mas a lenda é eterna!! Que Deus conforte todos os familiares!! Descanse em paz Oberdan, você jamais será esquecido por nós, Palmeirenses!!!!!", postou

Leia mais: Ex-goleiro e ídolo do Palmeiras, Oberdan Cattani morre aos 95 anos em São Paulo

Da concentração da seleção brasileira na Granja Comary, o técnico Luis Felipe Scolari também lembrou Oberdan Cattani. Ele falou em nome da comissão técnica, que conta com palmeirenses que conviveram com o ex-goleiro. O treinador se lembrou do zagueiro Henrique, que também conviveu com Oberdan, figura sempre presente durante as atividades no Palestra Itália, e de seus parceiros Flávio Murtosa, Carlos Pracidelli, Anselmo Sbragia e Paulo Paixão.

"Queremos expressar nosso profundo pesar pelo falecimento de um dos nossos grandes ídolos palmeirense. Queríamos deixar nossa manifestação de carinho à família toda, deixar o nosso abraço. Nós que passamos pelo Palmeiras, eu, Murtosa, Pracidelli, Anselmo, Paulo Paixão, Henrique, gostaríamos de deixar a vocês da família o nosso abraço e agradecer por todos os momentos que tivemos oportunidade de conviver juntos com o Oberdan", disse o treinador da seleção.

A CBF (Confederação Brasileira de Futebol) também prestou homenagens ao ex-goleiro. A entidade se manifestou através de seu site oficial, citando os pêsames do presidente José Maria Marin e do vice-presidente Marco Polo Del Nero.

"Quero enviar condolências à família deste ídolo do futebol brasileiro. Oberdan Cattani é referência quando se fala de grandes goleiros no país e gostaria de oferecer todo o meu apoio aos seus parentes", declarou José Maria Marin.

O técnico Emerson Lesão foi mais uma citar o ex-goleiro. Presente no velório do ídolo palestrino na manhã deste sábado, o profissional se referiu a Oberdan como mito.

"Um mito que jogou do Palmeiras e do gol brasileiro. Foi o primeiro de uma grande geração de goleiros do Alviverde, cobrava muito dos goleiros do Palmeiras que vieram depois, e deve ainda cobrar muito. O mais importante é vê-lo com 95 anos, sereno, descansando. Então, que vá em paz", declarou o técnico ao canal SporTV. Leão começou sua carreira no Palmeiras no ano de 1968 e permaneceu por 10 anos.

Considerado um dos maiores jogadores da história do Palmeiras, Dudu também lamentou o falecimento do ex-goleiro e exaltou a personalidade do último representante do Palestra Itália. O volante participou das conquistas palmeiras ao lado de Ademir da Guia na época da Academia de Futebol.

"Sem dúvidas temos muita saudade dele, mas ele descansou. Estava muito doente nos últimos anos. Era uma pessoa de personalidade muito forte, por isso trouxe de sua época, junto com os seus companheiros, muitos títulos para o Palmeiras, que foram importantes para a história do clube e para nós que viemos depois", afirmou Dudu também em entrevista ao canal SporTV.

Oberdan faleceu no fim da noite de sexta-feira. Era o último jogador que estava vivo e atuou pelo Palestra Itália, participando, portanto da Arrancada Heroica, quando o clube passou a se chamar Palmeiras por causa da Segunda Guerra Mundial. O ex-goleiro estava internado há 10 dias com grave lesão coronariana. Oberdan também defendeu a seleção brasileira. 

O velório teve início na manhã deste sábado e será realizado até às 16h (horário de Brasília), no Ginásio Palestra Itália. O enterro do ídolo será no Cemitério São Paulo, no bairro de Pinheiros, e a cerimônia começará às 17h (horário de Brasília).

*com Gazeta Esportiva

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.