Tamanho do texto

Atacante será reavaliado pelos médicos do América-MG para saber se poderá enfrentar a Portuguesa nesta terça-feira

Obina (à esquerda) chegou ao América-MG em 2014 e é titular da equipe
Cristiane Mattos/Futura Press
Obina (à esquerda) chegou ao América-MG em 2014 e é titular da equipe

Após sofrer uma forte torção no tornozelo esquerdo no início do jogo contra o Náutico, no último sábado, em Muriaé, o atacante Obina será reavaliado pelos médicos do América-MG e só depois saberá se vai entrar em campo contra a Portuguesa, terça-feira, às 19h30, pela Série B do Campeonato Brasileiro.

"Retiramos aquela imobilização que fizemos só para a viagem. Ele continua sintomático, com um pouco de dificuldade de pisar. Mas o Obina é guerreiro e disse que quer ir para o jogo. Então, vamos prosseguir no tratamento. Fizemos uma proteção menor, para ajudar na recuperação e vamos esperar que ele esteja em boas condições para terça-feira", disse o médico Celso Azevedo.

Azevedo também examinou o atacante Henrique, que, comparado a Obina, está em melhor situação. "O Henrique ainda tem um ponto de dor no adutor esquerdo, mas pode se recuperar até amanhã. Porém, assim como o Obina, a decisão sobre sua liberação para o jogo fica para amanhã", concluiu.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.