Tamanho do texto

Meia não trabalhava no campo desde o dia 20 de abril, quando sentiu uma lesão na coxa direita, mas ainda não sabe se poderá ser escalado para pegar o Grêmio no próximo domingo

O reforço apresentado com mais badalação no centenário do Palmeiras , enfim, voltou a trabalhar com bola. Desde 20 de abril, quando sentiu lesão na coxa direita, Bruno César só retomou as atividades normais com o resto do elenco na tarde desta quinta-feira e sua presença no jogo contra o Grêmio , no domingo, ainda é incerta.

Confira a classificação atualizada, artilharia e notícias do Brasileirão

O meia participou de exercício técnico em campo reduzido na Academia de Futebol ao lado dos jogadores que não foram titulares na derrota para o Botafogo, nessa quarta-feira, em Presidente Prudente. Não apresentou nenhuma dificuldade física, mas, por precaução, pode não ficar nem no banco de reservas no fim de semana.

E mais: Há uma semana no Brasil, Gareca ainda não conversou com jogadores do Palmeiras

Emprestado pelo Al Ahli, da Arábia Saudita, até dezembro, Bruno César se apresentou ao Verdão na última semana de janeiro acima do peso ideal e, desde então, tem sofrido para entrar em forma. Quando ainda era técnico do time, Gilson Kleina sempre ressaltava que o jogador corria risco de lesão por conta de seu condicionamento e o atleta já teve duas em pouco mais de quatro meses no clube.

O meia não entra em campo desde a vitória sobre o Criciúma , na primeira rodada do Brasileiro . Seria uma opção importante no último jogo antes da parada na Copa do Mundo, já que Valdivia está com a seleção chilena e Mendieta se mantém em tratamento de entorse no pé direito no departamento médico e deve ser desfalque novamente.

Sem Bruno César, Felipe Menezes, dono de fraca atuação nessa quarta-feira, continuaria no time, com Bernardo como opção. Diante do Grêmio, o Palmeiras já não contará com Wesley, volante que comanda a saída de bola da equipe, mas cumprirá suspensão por ter sido expulso contra o Botafogo.

Na lista de desfalques certos do Palmeiras, além de Valdivia e Wesley, continuam o goleiro Fernando Prass, que fraturou o cotovelo direito e não volta antes de agosto, o zagueiro Thiago Martins, que operou o joelho direito em janeiro e só atuará no segundo semestre, o volante Eguren, que treina com a seleção uruguaia para a Copa do Mundo, e o atacante Leandro, que disputa o Torneio de Toulon, na França, com a seleção brasileira sub-21.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.