Tamanho do texto

Goleiro se justifica alegando ter escorregado na jogada que terminou com gol do atacante Guerrero no Canindé

Fábio, goleiro do Cruzeiro
Getty Images
Fábio, goleiro do Cruzeiro

Destaque do Cruzeiro na maioria dos jogos, o goleiro Fábio falhou no duelo desta quarta-feira, contra o Corinthians, no Canindé. O jogador admite que errou no lance que gerou o gol da equipe adversária, e se justifica alegando que escorregou na jogada. Fábio ainda assumiu a responsabilidade pelo ponto perdido.

"Um lance rápido, escorreguei na terra e não consegui chegar. Não poderia ter tomado o gol, nem com o morrinho, nem escorregando. Prejudiquei um ponto que a equipe poderia levar para casa. Coloca esse gol na minha conta, a bola era defensável", afirmou Fábio, que ainda comentou que o gramado irregular do Canindé também prejudica.

"A bola quicou na minha mão. Fui desequilibrado. Você vai sem apoio, sem base para fazer a defesa. A bola quicou, se viesse rasteira, em um gramado de qualidade, talvez seria diferente a história. Tem dia que acontece. A responsabilidade é minha", disse.

Ídolo do torcedor cruzeirense, Fábio também ganhou o apoio dos companheiros de clube, caso do atacante William, que defendeu o goleiro. "O Fábio tem todo o crédito. Errar faz parte do atleta. Só erra quem está aqui dentro. Não errou só o Fábio, mas toda a equipe", afirmou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.