Tamanho do texto

Técnico do São Paulo está preocupado com uma possível saída do zagueiro por falta de acordo para prorrogar seu vínculo

O zagueiro Lucão aproveitou a ausência de Rodrigo Caio e vem ganhando chances como titular do São Paulo . Entre erros e acertos, o atleta recebeu elogios de Muricy Ramalho, mas existe a preocupação do técnico com o risco de perdê-lo muito cedo para o exterior.

Confira a classificação atualizada, artilharia e notícias do Brasileirão

O garoto tem contrato com o clube apenas até março de 2015 e ainda não chegou a um acordo para renovar. Em função disso, Muricy até consultou a diretoria se tinha o aval para escalá-lo, pois sabe que atuar pelo time profissional dá ainda mais visibilidade e aumenta o risco de concorrência.

"Não aceito que deem palpite no meu time, mas respeito demais a estratégia do clube. Por isso, para colocá-lo para jogar, conversei com a diretoria primeiro, porque estou fazendo um jogador para os outros. Eles disseram que posso escalar, mas sei que pode acontecer isso (saída precoce)", afirmou. O treinador gostou da atitude da direção, mas se mostra chateado com a chance de perder o garoto. "A lei é complicada, não sei se teve problema lá atrás para renovar. Estamos fazendo jogador para outro clube. Quando tem esse tipo de problema, eu sempre pergunto, porque vamos valorizar o jogador. Foi uma coisa honesta da diretoria, porque podiam encostá-lo em Cotia".

Veja ainda: Com gol de Lucão, São Paulo vence Grêmio me se recupera de goleada

O zagueiro tem 18 anos e disputou até agora nove partidas pelo clube. Na noite de sábado, diante do Grêmio, Lucão marcou o gol da vitória por 1 a 0, sendo a segunda vez que balançou a rede pela equipe. Apesar de ter levado desvantagem em alguns lances contra Barcos, o atleta conseguiu se redimir da má atuação contra o Fluminense, quando marcou um gol contra.

Em meio à indefinição de seu futuro, o garoto adota o discurso de prioridade ao São Paulo. "Deixo para os meus empresários resolverem. O que importa é dentro de campo e estou sendo muito feliz. Quero permanecer no São Paulo, tenho trabalhado para isso e vou continuar até resolver", comentou o zagueiro, que ganhou espaço no time depois da ida do titular Rodrigo Caio para a Seleção Brasileira sub-21.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.