Tamanho do texto

Treinador, no entanto, se irrita com o fato de o time ter permitido aproximação do Vitória após ter aberto vantagem

Levir Culpi, técnico do Atlético-MG
DENIS DIAS/Gazeta Press
Levir Culpi, técnico do Atlético-MG

O Atlético-MG começou bem o jogo contra o Vitória. Com 16 minutos, já tinha dois gols de frente, mas relaxou no fim e permitiu a reação dos baianos, vencendo por 3 a 2, placar que deixou o técnico Levir Culpi irritado. O treinador, porém, elogiou o espírito de luta dos jogadores e reclamou das condições do gramado do estádio Joia da Princesa.

"Estou alegre pela vitória. Fiquei aliviado, porque os times brigaram em campo. Tivemos muitas dificuldades com o gramado pesado. O campo ficou tão difícil para jogar que os cinco gols saíram de confusão na área. Nós fizemos o placar de 3 a 0, aí ficou mais tranquilo e deu para segurar. O jogo valeu pelo espírito dos jogadores, que é elogiável, mas abre os olhos da gente para melhorar um pouco mais", analisou.

Com o triunfo em Feira de Santana, o Atlético-MG emplaca a terceira vitória seguida do Brasileiro e começa a encostar nos primeiros colocados da tabela. O técnico Levir Culpi entende que, se o clube vencer os próximos compromissos, ficará em uma condição muito boa na parada para a Copa do Mundo, retornando forte na briga pelo título.

"Subimos na tabela e estamos próximos da ponta já. Foi uma arrancada muito boa e fico feliz, porque a gente vai ter um tempo maior para ficar com eles (jogadores). Se a gente conseguir mais uma, duas, três vitórias, praticamente vamos para a ponta do campeonato. Teríamos tempo para trabalhar e seria muito bom para seguir o trabalho", declarou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.