Tamanho do texto

Clube paulista discute com vascaínos o preço a ser fixado para aquisição de metade dos direitos do meia no futuro

Em meio à crise, o Palmeiras está próximo de anunciar um reforço. O clube acerta os últimos detalhes para definir a chegada por empréstimo do meia-atacante Bernardo, que pertence ao Vasco e deve vestir a camisa alviverde até o final deste ano.

O jogador tem contrato com a equipe carioca até dezembro de 2015 e o Verdão quer ter a opção de compra de 50% de seus direitos econômicos. Bernardo entrou em acordo verbal com o Palmeiras e o clube agora discute com a diretoria do clube carioca o preço a ser fixado para aquisição de metade dos direitos do meia-atacante.

A intenção da diretoria palmeirense é apresentá-lo nesta semana para diminuir as críticas. Bernardo pouco jogou em 2013, quando operou o joelho esquerdo e ficou marcado por suposta confusão com traficantes em favela carioca. Filho de Hélio Doido, atacante que defendeu o Palmeiras nos anos 1990, ele já declarou ter sido palmeirense na infância.

O meia, revelado pelo Cruzeiro e com passagens pelas categorias de base da seleção brasileira, fará 24 anos no dia 20 e se destacou no Vasco em 2011, mas nunca mais chamou atenção e ainda teve curta trajetória no Santos em 2012. No momento, está sem espaço com Adilson Batista e não joga desde que saiu do banco para participar da final do Carioca deste ano.

Além de Bernardo, o Palmeiras, de acordo com o jornal Agora São Paulo , estaria próximo de anunciar o zagueiro brasileiro Eric Botteghin, que tem 26 anos e atua no futebol holandês desde 2007 - no momento, está no Groningen.

Após a derrota por 4 a 2 para o Flamengo, no domingo, Gilson Kleina, ciente do risco de demissão, cobrou reforços da diretoria. Ainda não há informações animadores, contudo, para o seu principal pedido: um lateral direito, deficiência no elenco que já comprometeu o time na eliminação do Paulista e que é solicitada desde o fim de 2013.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.