Tamanho do texto

Líder do Campeonato Brasileiro com sete pontos, time de Parque São Jorge está sem tomar gols há sete partidas

Mano Menezes, técnico do Corinthians
Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians
Mano Menezes, técnico do Corinthians

O técnico Mano Menezes tem consciência de que a defesa do Corinthians está longe de atingir a perfeição, apesar dos sete jogos consecutivos sem sofrer gols. Para o gaúcho, o feito foi alcançado muito por causa da boa fase do goleiro Cássio.

Confira classificação, tabela de jogos, artilharia e notícias do Brasileirão

"Em Manaus, o Cássio fez duas ou três grandes defesas. Como um todo, ele manteve essa série de invencibilidade. É um grande goleiro. Iniciou a temporada lesionado, mas eu acreditava muito que retornaria na hora certa para nos dar segurança", enalteceu Mano.

O treinador já demonstrava simpatia por Cássio antes mesmo de encontrá-lo no Corinthians. Foi Mano quem convocou o goleiro para a seleção brasileira - na época, houve contestações por ambos serem ligados ao empresário Carlos Leite.

Quando retornou ao Corinthians, no entanto, o técnico logo deixou claro que Cássio era seu titular absoluto, apesar de algumas boas atuações de Walter no início do ano. "O Cássio tem capacidade técnica e segurança, e isso significa muito para a equipe. É ótimo ter um grande goleiro. Isso me deixa muito tranquilo", prosseguiu com os elogios.

Mesmo satisfeito com Cássio, Mano permanece cauteloso com o seu sistema defensivo. Ele não quer expor demasiadamente o Corinthians. "Na ânsia de ser ofensivo, você pode se desorganizar, tomar o gol e não virar mais. É bom ir com calma. Passamos um momento difícil no Campeonato Paulista, mas sabíamos que precisaríamos enfrentar aquilo para escrever uma nova história", comentou.

Para o volante Guilherme, a preocupação ainda é válida. "O grupo trabalha muito para não tomar gol, e isso tem acontecido. Sabemos que vamos marcar gols na maioria das vezes, pois temos jogadores de qualidade no ataque", analisou.

Dessa forma, Mano não tem elogios guardados apenas para o seu goleiro. "Desde o Guerrero até o Cássio, todos estão trabalhando bem. Por isso, não estamos tomando gols. A defesa está ganhando confiança", comemorou o técnico do Corinthians, líder do Campeonato Brasileiro.

*Com Gazeta

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.