Tamanho do texto

Com vitória por 1 a 0 no Old Trafford, Sunderlan praticamente se livra do rebaixamento no campeonato nacional

Reação do Manchester United depois do gol de Larsson, que deu vitória ao Sunderland
Darren Staples/Reuters
Reação do Manchester United depois do gol de Larsson, que deu vitória ao Sunderland

Pela 37ª rodada do Campeonato Inglês , o Manchester United sofreu mais um revés no Old Trafford e vê a temporada terminar de forma melancólica. Neste sábado, o algoz foi o Sunderland, que praticamente se livrou de um iminente rebaixamento ao vencer os Red Devils por um suado 1 a 0. Com o resultado, o time da casa já não tem mais chances de conseguir vaga na Liga Europa.

Deixe seu recado e comente com outros leitores

O único gol da partida veio aos 30 do primeiro tempo. Wickham conseguiu um cruzamento preciso perto da bandeirinha de escanteio e Larsson, de primeira, dentro da área, finalizou com perfeição para marcar.

Confira classificação, tabela de jogos, artilharia e notícias do Campeonato Inglês

A partir de então, o Sunderland sofreu uma pressão gigantesca do time da casa, mas conseguiu segurar o resultado e dar sequência ao ‘milagre’, já que a equipe foi lanterna na maior parte da competição, mas reagiu nas últimas rodadas e agora ocupa a 17ª colocação.

Festa da torcida do Sunderland com gol de Larsson que definiu vitória sobre Man United
Jon Super/AP
Festa da torcida do Sunderland com gol de Larsson que definiu vitória sobre Man United


Dois rebaixados

A rodada de sábado definiu os dois primeiros rebaixados da primeira divisão inglesa. O lanterna Cardiff, com 30 pontos, e o vice-lanterna Fulham, com 31, estão matematicamente na segunda divisão devido à vitória do Sunderland.

E mais: Tottenham volta a jogar mal e perde clássico londrino para West Ham no Inglês

Na rodada, o Cardiff perdeu fora por 3 a 0 para o Newcastle. Já o Fulham foi goleado por 4 a 1 pelo Stoke City, também fora de casa. A última vaga na zona da degola segue aberta. Atualmente, é ocupada pelo Norwich.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.