Tamanho do texto

Eliminado ainda na fase de grupos do estadual, clube do Parque São Jorge passou por um período de treinos de quase um mês

Jadson, meia do Corinthians
Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians
Jadson, meia do Corinthians

O meia Jadson apontou uma clara evolução do Corinthians desde a participação no Campeonato Paulista. Ele vê uma consistência maior após o período de treinos de quase um mês que sucedeu a eliminação precoce no estadual.

"Com certeza, somos melhores hoje. A equipe subiu muito de produção, é um trabalho que o Mano está colocando para a gente. A partir do momento em que os jogadores compreenderam o trabalho e se doaram mais, tudo melhorou", afirmou.

Incluídas as duas últimas rodadas do Paulista, seus dois jogos na Copa do Brasil e o início do Campeonato Brasileiro, o Corinthians vem de quatro vitórias e dois empates. O time não levou nenhum gol no período, o que animou o técnico Mano Menezes, antes preocupado com a falta de consistência defensiva.

O gaúcho não conseguiu, no entanto, integrar Renato Augusto à equipe como gostaria. O meia treinou como titular durante os quase 30 dias de preparação para o Nacional antes de sentir um de seus recorrentes problemas físicos. A expectativa é que esteja à disposição para o confronto com a Chapecoense, no domingo.

"O Renato Augusto é um grande jogador. Antes de ele se machucar, treinamos juntos e tivemos um bom entrosamento. Vai ser um bom retorno, é um jogador de qualidade que pode nos ajudar", comentou Jadson, apostando na sequência do crescimento da equipe com a volta do companheiro.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.