Tamanho do texto

Principal goleador da história do clube tem mais um mês de contrato e não deverá ter o acordo renovado

Maior artilheiro da história do Goiás com 145 gols, Araújo não terá o seu contrato renovado, restando um mês para o final do vínculo. Pelo menos é o que as palavras do vice-presidente do clube, Paulo Lopes, indicam.

"Não deu certo. A torcida não quer mais. Quando chegar o fim do contrato, acabou", anunciou o dirigente.

O ídolo, no entanto, mostra confiança na renovação devido ao fato de ter sido artilheiro do Campeonato Goiano, com nove gols, na campanha que culminou com o vice-campeonato. "Comecei bem (o ano) e terminei como artilheiro do Campeonato Goiano. Estou trabalhando forte e sempre jogando bem".

O atacante não se mostra surpreso com a indefinição do prolongamento de seu contrato e com a ausência de contato da diretoria esmeraldina, mas faz questão de manter o profissionalismo mesmo sendo ignorado. "A gente fica preocupado, sem saber o que vai acontecer. A gente está acostumado a isto, não tem problema algum e vou continuar trabalhando da mesma forma".

Não tendo seu vículo renovado, Araújo terá possivelmente mais sete partidas com a camisa do Goiás, todas pela Série A, já que a equipe do técnico Ricardo Drubscky foi eliminada na primeira fase da Copa do Brasil. Os jogos serão contra o Atlético Mineiro, Palmeiras, Botafogo, Santos, Figueirense, Vitória e Coritiba, nessa ordem.

Em quase toda sua carreira, Araújo atuou como um ponta de esquerda. No entanto, no último duelo contra o Criciúma e nos treinos recentes vem jogando mais centralizado, sendo a referência na área. O Goiás não tem em seu elenco um centroavante de origem.

"É um pouco estranho. Já joguei assim antes, mas não joguei muitas partidas. Jogando de costas para o zagueiro, eu levo um pouco de desvantagem, tento me movimentar mais. Se eu pego a bola de frente para o zagueiro, para mim fica mais fácil. Estou buscando ajudar a equipe, no momento que não tem um jogador de área", explicou o atacante.

O próximo compromisso do Goiás seré em Belo Horizonte, contra o Atlético-MG, no domingo, às 18h30. Os goianos somam quatro pontos no Brasileiro, com uma vitória, em casa, diante dos catarinenses do Criciúma na última rodada.

*Com Gazeta

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.