Tamanho do texto

Valdivia se mostra preocupado com sequência do Brasileirão e pede à diretoria nomes de peso para completar elenco

Henrique, ex-Portuguesa, é anunciado pelo Palmeiras
Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação
Henrique, ex-Portuguesa, é anunciado pelo Palmeiras

Nomes como Borges, do Cruzeiro, e o argentino Lucas Pratto, do Vélez Sarsfield, surgem ainda como especulações no Palmeiras, mas, por enquanto, o substituto de Alan Kardec é Henrique, que veio da Portuguesa e será apresentado oficialmente nesta quinta-feira. Com a possibilidade de já estrear como titular no domingo, contra o Flamengo, o centroavante ouve elogios dos colegas para ganhar confiança.

Deixe seu recado e comente com outros leitores

"A estatura do Henrique para ser centroavante é boa, ele é pouca coisa menor do que o Alan. E é canhoto, é mais difícil marcar qualquer canhoto", opinou Serginho, falando do companheiro de 1,84m, quatro centímetros mais baixo do que o atacante que acaba de trocar o Verdão pelo São Paulo.

Henrique é apenas oito meses mais novo do que Alan Kardec, mas tem carreira menos chamativa. O artilheiro do Palmeiras em 2014 já tinha se destacado pelo Santos e, pouco após aparecer bem no Vasco, foi titular no vice-campeonato da seleção no Mundial sub-20 de 2009. O ex-jogador da Lusa, por sua vez, chega credenciado pelos sete gols que fez no último Paulista, só que não teve destaque em Cianorte, Santo André e Chapecoense.

Em defesa de Henrique, Serginho até lembrou seu desempenho no Paulista de 2013, pelo Mogi Mirim. "Ele é um excelente jogador. Tem méritos pelo bom papel que fez até chegar aqui e esperamos que vá muito bem no Palmeiras para nos ajudar", disse o meia-atacante.

No treino de quarta-feira, Henrique já mostrou suas credenciais fechando atividade em campo reduzido com um golaço no ângulo. "O Henrique está chegando e temos que passar confiança. Sabemos que ele vai ajudar quando estiver à disposição. É botar na cabeça que o Alan não está mais e temos que nos fechar para fazer um bom papel no Brasileiro", apoiou Serginho.

Valdivia pede reforços

Enquanto isso, o chileno Valdivia se mostra preocupado com a sequência do Palmeiras na temporada. E com a saída de Alan Kardec, ele pede reforços de peso à diretoria do clube. 

Valdivia se preocupa com Palmeiras sem Alan Kardec
Marcelo Zambrana/Inovafoto/Gazeta Press
Valdivia se preocupa com Palmeiras sem Alan Kardec

"A diretoria está ciente disso, agora mais do que nunca, era uma peça importante, titular. Agora tenho certeza que a diretoria vai correr atrás de contratações novas, até porque o Campeonato Brasileiro é muito longo", disse o chileno, que já havia clamado pela permanência de Alan Kardec e Wesley antes mesmo do desfecho da negociação do atacante.

Sem contar com Kardec na última rodada, Valdivia foi obrigado a jogar mais adiantado, sendo usado por Gilson Kleina como referência no ataque. O camisa 10, porém, não aprovou a mudança, que também não rendeu bons resultados dentro de campo. Apático e sem criatividade, o Palmeiras foi derrotado pelo Fluminense, por 1 a 0, no estádio do Pacaembu.

Na saída de campo, ainda sem saber o destino de Kardec, o meia chileno voltou a pedir para a diretoria renovar com o atacante, e acabou não sendo atendido. Agora, Valdivia espera que a gestão de Paulo Nobre corra atrás de um nome de peso para substituir o antigo camisa 14, que, de acordo com o Mago, fez por merecer para ser tão valorizado por Palmeiras e São Paulo ao longo dos últimos dias.

"Tem que contratar um atacante à altura dele (Kardec), isso é claro. Às vezes, o futebol faz com que você tenha uma surpresa. Como o Paulo (Nobre) falou, o Kardec estava encostado no Benfica, mas tinha um nome no Brasil, fez por merecer tudo o que envolveu o seu nome nesta semana. Ele faz a diferença, é o matador, faz gol", completou Valdivia, preocupado com o desempenho do Palmeiras.

O primeiro teste do time de Gilson Kleina após a polêmica de Kardec será o próximo domingo, quando o Verdão visita o Flamengo, às 16 horas (de Brasília), no estádio do Maracanã. Nos treinamentos até então, o treinador não deu pistas sobre como escalará a equipe alviverde, avisando apenas que não utilizará o esquema tático deste início de temporada.

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.