Tamanho do texto

Guarani e Sport representaram o Brasil em 1988, última vez em que nenhum clube do país avançou para a fase pré-semifinal

Atlético-MG , Cruzeiro e Grêmio precisam reverter placares adversos do jogo de ida das oitavas de final da Libertadores nesta semana quando fazem a segunda partida nesta fase. Caso nenhum deles consiga mudar o cenário, nenhum time brasileiro estará nas quartas de final do torneio, algo que não acontece desde 1988, quando Guarani e Sport representaram o Brasil no torneio. 

Veja a classificação, tabela de jogos, artilharia e notícias da Copa Libertadores

Naquele ano, a terceira fase do torneio antecedia as semifinais e era considerada como se fosse a etapa de quartas de final. Com seis clubes, nenhum brasileiro, foram definidos três semifinalistas. O Newell's Old Boys, que teve a melhor campanha na segunda fase, foi direto para as semis.

Atlético-PR, Botafogo e Flamengo foram eliminados na primeira fase

Sport e Guarani, considerados pela CBF como campeões e vice do Brasileirão de 1987, ficaram no mesmo grupo ao lado de Universitário e Alianza Lima, ambos do Peru. O Sport foi eliminado. O Guarani avançou em primeiro e pegou o San Lorenzo na fase seguinte. Foi eliminado e nenhum time brasileiro chegou às quartas.

Em 1990, com o Vasco, e em 1991, com o Flamengo, houve pelo menos um clube brasileiro nas quartas. Os dois cariocas pararam nesta fase. E desde 1992 há sempre um brasileiro pelo menos nas semifinais. Neste século, o Brasil não teve um representante na final apenas em 2001 e 2004.

Portanto, Atlético-MG, Cruzeiro e Grêmio lutam para evitar a marca negativa para o futebol brasileiro no ano em que o país recebe a Copa do Mundo. 

Nesta quarta-feira, o Grêmio recebe o San Lorenzo em Porto Alegre e precisa reverter o 1 a 0 sofrido no jogo de ida em Buenos Aires. Já o Cruzeiro vai a Assunção depois de empatar em 1 a 1 com o Cerro Porteño em casa. O 0 a 0 na volta classifica os paraguaios. Na quinta, o Atlético-MG recebe o Nacional de Medellín em situação idêntica à do Grêmio. Perdeu a ida por 1 a 0 e precisa vencer por dois gols de diferença ou vencer por 1 a 0 e levar a disputa para os pênaltis.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.