Tamanho do texto

Após estrear com gol pelo time carioca, atacante desabafou contra os críticos da equipe

O atacante Emerson Sheik não poderia ter melhor estreia com a camisa do Botafogo. O recémcontratado marcou o primeiro gol e deu assistência para Zeballos empatar, de cabeça. Com a personalidade forte, que é de costume, Sheik avisou que seu novo time não pode ser subestimado.

Emerson Sheik estreia com gol, Botafogo reage e empata com o Inter no Maracanã

"Não somos uma equipe de pernas de pau, como escutei quando cheguei ao Rio de Janeiro", afirmou o botafoguense em entrevista ao canal Sportv . O atacante, que não marcava um gol há 36 jogos ainda elogiou a preparação física que foi feita para que conseguisse estrear neste domingo: "Eu não queria perder na estreia. E tenho que dividir os méritos da minha atuação com os preparadores físicos que fizeram um belo trabalho. A torcida precisa entender o esforço que a gente fez para empatar esse jogo e continue nos apoiando", reforçou Emerson.

Confira na galeria as imagens da segunda rodada do Brasileirão:

O ex-corintiano tem como uma de suas características o esforço e sacrifício que leva para as partidas e promete continuar assim: "Sou um jogador de 35 anos e com salário alto. Sei que não vou resolver todos os problemas da equipe, mas podem ter certeza de que vou contribuir com muito esforço", concluiu.

Outro jogador que teve grande responsabilidade na conquista do empate contra o Internacional, Jéfferson, ressaltou que a equipe de General Severiano mostrou ‘sua verdadeira cara’ no segundo tempo.

Para a próxima partida contra o Bahia, no próximo domingo, em Salvador, o técnico Vágner Mancini terá o desfalque do lateral-direito Lucas, que foi expulso no final da partida.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.