Tamanho do texto

Torcedores arrombaram uma das portas de acesso ao vestiário dos jogadores e invadiram para cobrar melhores resultados

O treino do Santa Cruz na última quinta-feira foi cercado de tensão. Antes mesmo de a atividade começar, alguns torcedores arrombaram uma das portas de acesso ao vestiário dos jogadores no Arruda e invadiram para cobrar melhores resultados da equipe. O episódio fez com que o presidente do clube, Antônio Luiz Neto anunciasse medidas de segurança para evitar incidentes do tipo.

"Vamos ter que nos prevenir, o Santa Cruz tem que tomar medidas que evitem que a privacidade dos profissionais seja invadida, inclusive a da imprensa. Meia dúzia de bandidos acharam que poderiam gerar fato e noticia ao invés de gerar o positivo que eu prego. Portanto vamos tomar medida de segurança para que o pessoal trabalhe com tranquilidade e isso não volte a acontecer", promete.

Vestidos com roupas da principal torcida organizada do clube, os torcedores invadiram a sala de imprensa e arrombaram a porta que dá acesso ao vestiário. Apesar da invasão, Antônio Luiz Neto defende que o episódio não é resultado de falha na segurança. "Estava conversando com preparadores físicos, fisiologista e alguns dirigentes e eles preferiram não atribuir culpa a nossa segurança, já que para eles foi uma coisa muito abrupta, muito rápida, que não deu tempo para nossa segurança se prevenir", argumenta.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.