Tamanho do texto

Técnico do Santos disse que a equipe poderia ter vencido a partida com 'folga' e entende impaciência da torcida

Com o empate em 1 a 1 contra o Sport na estreia do Santos no Brasileirão , a torcida presente na Vila Belmiro perdeu a paciência e vaiou o time ao final da partida. Compreensivo, Oswaldo de Oliveira disse entender a reação dos torcedores. Para ele, seus comandados jogaram bem e criaram muitas chances, mas pecaram na hora da finalização.

"Acho que o Santos jogou para ganhar e não conseguiu. No final até conseguimos um resultado satisfatório, porque estávamos perdendo. Com tudo que o Santos criou, poderia ter vencido com folga. Não conseguimos aproveitar as chances criadas. O torcedor é emoção, queria a vitória e o time não correspondeu. Por isso, é compreensível", declarou o técnico na coletiva após o confronto.

Oswaldo ainda descartou medir importâncias para as partidas ou fazer cálculos para atingir os objetivos na competição. O técnico santista reconheceu que o tropeço em casa teve peso negativo, mas avisou que não irá tirar o pé em duelos mais complicados.

"Não tem matemática, tem que jogar para vencer todos. Jamais vou provocar derrotas. Existem, sim, os jogos mais difíceis, mas vou me programar para vencer sempre. Aqui, obviamente, a nossa chance de vencer é bem maior", disse o treinador.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.