Tamanho do texto

Equipes começam nesta quarta-feira a decidir um lugar na final da Liga dos Campeões

Guardiola tentou tirar a pressão dos jogadores Bayern antes de duelo contra Real
Martin Meissner/AP
Guardiola tentou tirar a pressão dos jogadores Bayern antes de duelo contra Real

Técnico do Bayern de Munique, atual campeão da Liga dos Campeões , Pep Guardiola joga todo o favoritismo para o Real Madrid, rival desta quarta-feira, na primeira partida das semifinais da competição. Para o treinador, os bávaros diminuíram o ritmo em campo após o título alemão.

"Neste sentido o Real Madrid tem certa vantagem. Nós conquistamos o Campeonato Alemão muito antes, e isso nos fez diminuir um pouco o ritmo. Porém tentaremos recuperá-lo o mais rápido possível" afirmou Guardiola ao jornal espanhol AS .

Mesmo defendendo o troféu, Guardiola prega respeito ao adversário, que tem nove títulos da Liga dos Campeões: "Sempre que fui ao Bernabéu, como jogador e técnico, nunca pensei que era favorito. Tenho muito respeito por toda a história do Real Madrid, não importa quais são os jogadores ou o treinador que possui a sua equipe. Continuam sendo um time muito forte".

O treinador ainda reconheceu que sua equipe precisa fazer mais do que tem jogado para conquistar a vaga na decisão, e afirma que o Real Madrid vem mais motivado ao jogo: "Para os times maiores não serve apenas ganhar, mas ganhar sempre. É normal. Não chegamos em nosso melhor momento. Contra o Braunschweig (pelo campeonato nacional) nos comportamos outra vez como time pequeno. Por outro lado, temos jogado partidas sem qualquer objetivo. Evidentemente que devemos melhorar o nível. Provavelmente, o entusiasmo do Real Madrid depois de conquistar a Copa do Rei será maior que o nosso", finalizou.

Real Madrid e Bayern de Munique se enfrentam na quarta-feira, às 15h45 (de Brasília). O duelo de volta está marcado para terça da próxima semana.

    Leia tudo sobre: bayern de munique
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.