Tamanho do texto

"Aconteceu de o Santos ter perdido a final, mas não foi por culpa dele. Ele rendeu, deu assistências e não conseguiu o que esperava, o título, por uma infelicidade", diz Geuvânio

Leandro Damião lamenta falha ainda no começo do duelo entre Santos e Ituano
SERGIO BARZAGHI / Gazeta Press
Leandro Damião lamenta falha ainda no começo do duelo entre Santos e Ituano

O centroavante Leandro Damião ainda não conquistou boa parte da torcida do Santos, mas já conta com alguns ferrenhos defensores no elenco comandado por Oswaldo de Oliveira. Seus companheiros prontamente o defenderam de críticas depois da perda do título do Campeonato Paulista para o Ituano .

Deixe seu recado e comente com outros leitores

"Como pessoa e profissional, o Damião é excelente. Ele foi abraçado por todo o mundo quando chegou ao Santos. Também nos abraçou. Será sempre bem-vindo. É um jogador com qualidade dentro da área, que já nos ajudou no Campeonato Paulista. Tenho certeza de que será ainda mais útil", apostou o meio-campista e capitão Cícero.

Leia mais: Santos esquece a perda do título paulista e recebe o Mixto precisando vencer

Até os novatos estão ao lado de Leandro Damião. Parceiro de ataque do atleta mais caro já contratado por um clube brasileiro, Geuvânio aprovou o desempenho do colega nos jogos decisivos com o Ituano. "O Damião foi bem, ajudando bastante. Aconteceu de o Santos ter perdido a final, mas não foi por culpa dele. Ele rendeu, deu assistências e não conseguiu o que esperava, o título, por uma infelicidade", analisou.As cobranças sobre Leandro Damião são maiores em função do que ele custou para estar no Santos. O Internacional vendeu o centroavante, que já estava em baixa em Porto Alegre, por R$ 42 milhões.

A expectativa da diretoria do Santos e do técnico Oswaldo de Oliveira é que, no Campeonato Brasileiro, Leandro Damião enfim justifique o esforço por sua contratação. "O futebol nos possibilita dar várias voltas por cima. Isso já ficou provado. É claro que estamos chateados com a derrota na final, mas a vida continua. Vamos lutar para conseguir títulos importantes", comentou Cícero.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.