Tamanho do texto

Atacante já não sente mais dores musculares na coxa direita, mas ainda não sabe se participará de atividade contra seleção olímpica na sexta-feira

Diogo participa de treino com bola no Palmeiras
Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação
Diogo participa de treino com bola no Palmeiras

A lesão no adutor da coxa direita de Diogo já fez o Palmeiras até mudar de tratamento para que o atacante deixe de reclamar de dor. Sem atuar desde 19 de fevereiro, o jogador, agora, se sente melhor, mas não se garante nem no jogo-treino dos reservas do clube contra a seleção olímpica na manhã de sexta-feira, em Mogi das Cruzes.

"Espero estar neste jogo-treino. Mas, primeiro, tenho que mostrar que estou bem condicionado na parte física", disse Diogo, que recebe mais quando entra em campo por ter contrato de produtividade, mas participou de somente seis das 19 partidas do clube neste ano.

Antes do problema muscular, o atacante, contratado em janeiro, machucou a região abdominal no primeiro mês do clube após se chocar com o zagueiro Henrique em treino. Um histórico de contusões que começa a marcá-lo. "Mas sou novo, ainda tenho muito a oferecer. Quero ficar marcado por títulos, não por lesões", afirmou.

"Tive uma fratura no pé na Portuguesa antes de ser negociado com o Olympiacos e, no Santos, tive uma infelicidade machucando as costas. No Palmeiras, foi a minha segunda lesão muscular na carreira", defendeu-se, mais aliviado ao dar entrevista na tarde desta terça-feira.

"Voltei a treinar, mas a dor incomodava bastante para bater na bola. Clinicamente, eu não tinha mais nada, mas, com essa dor, era praticamente impossível para treinar. Agora estou feliz porque já não sinto mais dor. Estou me sentindo bem. Estou treinando normalmente com bola desde sexta-feira", comentou.

Sua expectativa é provar a que veio após pouco aparecer no Paulista e ainda nem ter estreado na Copa do Brasil. "Estou bem confiante para o Brasileiro. É um campeonato muito especial e difícil, mas um recomeço para mim. Espero dar sequência e ajudar o Palmeiras neste torneio longo", declarou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.