Tamanho do texto

Atacante marcou apenas um gol pelo clube e coleciona mais uma frustrante passagem por um clube brasileiro

Adriano em lance do jogo contra o Strongest, seu último pelo Atlético-PR
Gustavo Oliveira/Site Oficial do Atlético-PR
Adriano em lance do jogo contra o Strongest, seu último pelo Atlético-PR

O Atlético Paranaense informou nesta sexta-feira em seu site oficial que o atacante Adriano não faz mais parte do elenco do clube.

Segundo a nota, a decisão foi tomada em comum acordo entre atleta e clube em reunião que havia sido agendada para o final da participação do clube na Libertadores. Na terça-feira, após derrota por 2 a 1 para o Strongest, em La Paz, o time foi eliminado. Adriano marcou o gol atleticano no jogo, o único com a camisa rubro-negra. 

Segundo o jornal "Gazeta do Povo", Adriano participou de festas e baladas nos últimos dias em Curitiba e faltou aos dois treinos que sucederam a eliminação no torneio. 

Em seu perfil no Twitter, Adriano comentou sobre sua passagem pelo clube: "Gente, estou postando aqui minha gratidão pelo Atlético. O objetivo da minha ida ao clube foi cumprido e hoje estou de volta aos campos. Minha passagem pelo time foi muito gratificante. Agora vamos dar sequência no que mais gosto de fazer, jogar bola!! Fiquem com Deus!", escreveu o atacante.

Com três eliminados, brasileiros dão vexame histórico na Libertadores

Adriano tem 32 anos e agora coleciona mais um vexame na carreira. Sem se firmar desde 2009, quando foi campeão brasileiro pelo Flamengo, o atacante frustrou torcedores da Roma e do Corinthians. Não fez nenhum gol em 16 jogos pelo time italiano no segundo semestre de 2010 e no Corinthians conviveu com lesões e faltas a treinos no clube. Marcou dois gols em 10 jogos. 

Adriano jogou apenas quatro jogos pelo Atlético-PR desde dezembro, quando começou a treinar no clube. Entrou nos minutos finais contra o The Strongest, em Curitiba, na estreia na Libertadores e também contra o Vélez Sarsfiled, em Buenos Aires. Jogou durante os 90 minutos em derrota para o Londrina e para o Strongest, em La Paz.

Depois do jogo falou sobre o momento que vive. "Foi muito importante. Foi o meu primeiro gol depois de tanto tempo, então estou feliz, mas triste ao mesmo tempo pela eliminação. Não conseguimos sair com o objetivo que queríamos, mas no futebol acontece muito disso. Estou triste pelo grupo, mas feliz por mim", disse. 

Veja fotos da curta passagem de Adriano pelo Atlético Paranaense


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.