Tamanho do texto

Na Vila Capanema, equipe paranaense bateu os paulistas por 3 a 1 e avançou na competição nacional

Recuperando-se da ressaca pela eliminação no Estadual, o Paraná Clube , agora sob o comando do técnico Ricardo Drubscky, fez uma boa apresentação na Vila Capanema e bateu o São Bernardo por 3 a 1, garantindo a vaga para a próxima fase da Copa do Brasil e devolvendo a eliminação em 2013. No primeiro encontro, empate em 1 a 1. O próximo adversário será a Ponte Preta.

O Paraná começou a partida buscando o ataque e logo aos dois minutos, Lúcio Flávio cobrou falta fechado na área e Paulinho fez falta no momento de concluir. Giancarlo, aos seis minutos, viu bem a entrada de Paulinho no meio da defesa paulista, mas o passe ficou na zaga. Postado na defesa, o Bernô esperava por algum erro do adversário para achar um gol.

A pressão, no entanto, era do Paraná. Aos 12 minutos, Lúcio Flávio cobrou falta no ângulo, e Wilson, atento, se esticou pra afastar o perigo. Giancarlo foi acionado, em velocidade, mas perdeu a passada e uma boa oportunidade. O São Bernardo finalmente apareceu no ataque aos 21 minutos, com Erick Flores, que soltou um petardo, assustando Marcos.

O jogo ficou mais equilibrado, com os visitantes saindo mais para o jogo. Aos 29 minutos, Marino invadiu a área e no momento do arremate foi travado de forma precisa por Breno. Mas, aos 38 minutos, Lúcio Flávio levantou e o zagueiro Anderson Rosa, estreante da noite, desviou para o fundo das redes. O segundo era questão de tempo e veio aos 44 minutos, com Giancarlo, também de cabeça, aproveitando cruzamento de Lúcio Flávio.

Para o segundo tempo, o São Bernardo voltou com Eliomar Bombinha no lugar de Daniel Pereira. O Tricolor voltou com tudo e chegou a balançar as redes mais uma vez, logo no primeiro minuto, com Paulinho, que teve o lance anulado pela arbitragem. Na resposta, Fernando Lombardi fez a jogada, mas bola se perdeu para fora. Marino fez o lançamento, aos sete minutos de Marcos deixou a meta para interceptar.

O Paraná teve mais uma chance para matar o jogo, aos 11 minutos, com Giancarlo, que de frente para o gol, sozinho, furou na hora do chute. Aos 15 minutos, Giancarlo recebeu de Lúcio Flávio e de primeira bateu para boa defesa de Wilson Júnior. Fora de campo, Drubscky pedia para o time tocar mais a bola para administrar a vantagem.

Sem conseguir penetrar na defesa paranista, o Bernô já tentava do jeito que dava. Aos 26 minutos, William chutou de muito longe, fácil para Marcos. A equipe paulista viu a esperança renascer aos 34 minutos, em cobrança de falta de Jean Carlos que ninguém afastou, inclusive Marcos, vendo a bola morrer nas redes. Mas, aos 44 minutos, Giancarlo deu números finais ao placar para garantir a classificação paranista.

FICHA TÉCNICA
PARANÁ CLUBE 3 X 1 SÃO BERNARDO

Local: Estádio Durival Britto e Silva, em Curitiba (PR)
Data: 10 de abril de 2014, quinta-feira
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Rodrigo D. Alonso Ferreira(SC)
Assistentes: Josué Gilberto Lamim e Thiaggo Americano Labes (ambos de SC)
Cartões amarelos: Marcos, Brinner (Paraná); Daniel Pereira, Erick Flores, Eliomar Bombinha e Fernando Lombardi (São Bernardo)
Cartão vermelho: Marino (São Bernardo)

Gols:
PARANÁ: Anderson Rosa, aos 38 minutos e Giancarlo, aos 44 minutos do primeiro tempo e aos 44 minutos do segundo tempo
SÃO BERNARDO: Jean Carlos, aos 34 minutos do segundo tempo

PARANÁ: Marcos; Rodrigo Mann, Brinner, Anderson Rosa e Breno; Cambará, Edson Sitta (Ricardinho), Lúcio Flávio e Paulinho Oliveira (Juliano Mineiro); Paulinho (Keno) e Giancarlo
Técnico: Ricardo Drubscky

SÃO BERNARDO: Wilson Júnior; Rafael Cruz (Jean Carlos), Fernando Lombardi, Luciano Castan e Eduardo; Marino, Daniel Pereira (Eliomar Bombinha), Wiliam Favoni e Erick Flores; Márcio Diogo e Gil
Técnico: Edson Boaro

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.