Tamanho do texto

Técnico Oswaldo de Oliveira também "treinou" e marcou gol de pênalti no goleiro Vladimir. Damião brincou com a situação

O Santos já começou a se preparar para uma eventual disputa de pênaltis na decisão do Campeonato Paulista. Na manhã desta quinta-feira, três dias antes de voltar ao Pacaembu para enfrentar o Ituano, os jogadores se enfileiraram para testar a pontaria da marca da cal. Até o técnico Oswaldo de Oliveira se apresentou para uma cobrança.

Confira a tabela de classificação do Campeonato Paulista 

Bem-humorado na atividade, o comandante santista ajeitou a bola, correu e acertou o canto do gol defendido pelo jovem Vladimir. Oswaldo comemorou bastante, com o braço erguido, enquanto os seus jogadores também vibravam.

O centroavante Leandro Damião, no entanto, colocou em dúvida o feito de Oswaldo de Oliveira. "O goleiro tentou pegar, mas ao mesmo tempo não tentou. Defender pênalti do treinador complica, né?", comentou, aos risos. Oswaldo não foi o único membro da comissão técnica do Santos que se divertiu com o exercício de pênaltis. O ex-goleiro Edinho, hoje auxiliar, vestiu-se como um atleta para chutar com força na sua cobrança e estufar a rede.

O aproveitamento dos atletas do Santos no treinamento de penalidades foi positivo. Observada de perto por Oswaldo, a maioria acertou o alvo, quase sempre buscando o ângulo. O meio-campista Cícero, que desperdiçou uma cobrança na derrota por 1 a 0 para o Ituano, no primeiro jogo da final estadual, não estava por perto neste momento.

O título do Campeonato Paulista será definido na disputa de pênaltis caso o Santos devolva a derrota por um gol de diferença para o Ituano, neste domingo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.