Tamanho do texto

Sem trabalhar desde o vice-campeonato da Copa Sul-Americana com a Ponte Preta, técnico vai comandar o Al Wasl, dos Emirados Árabes Unidos

Jorginho irá trabalhar no Al Wasl, dos Emirados Árabes Unidos
SERGIO BARZAGHI / Gazeta Press
Jorginho irá trabalhar no Al Wasl, dos Emirados Árabes Unidos

Depois de quase conquistar o inédito título da Copa Sul-Americana pela Ponte Preta na temporada passada e deixar o clube campineiro apenas dois dias após a final, o treinador Jorginho acertou com um time dos Emirados Árabes Unidos. O técnico vai comandar o Al Wasl, que já foi treinado por Diego Maradona.

O argentino se aventurou como treinador da equipe de Dubai em 2011, mas não permaneceu por muito tempo, sendo demitido onze meses mais tarde, em julho de 2012. Agora, o clube aposta no técnico brasileiro, que já teve uma experiência no futebol internacional há duas temporadas, quando comandou o Kashima Antlers do Japão.

"Estou muito feliz com este desafio, num mercado novo para mim. Nunca trabalhei no mundo árabe e meu objetivo é corresponder à confiança dos dirigentes do Al Wasl. A estrutura do clube me agradou muito e espero ter condições de levar o time a fazer boa campanha na próxima temporada. Vou voltar ao Brasil para providenciar minha mudança e começar logo o nosso planejamento", projetou Jorginho.

Para agradar os empresários árabes, Jorginho conta com a experiência de já ter passado pela Seleção Brasileira, sendo auxiliar de Dunga na Copa do Mundo de 2010. Além disso, no ano passado, o treinador assumiu o cargo no Flamengo, disputando apenas o primeiro turno do Campeonato Carioca. Antes, o técnico realizou um bom trabalho com o Figueirense.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.