Tamanho do texto

Equipe de melhor defesa da competição segurou melhor ataque no Pacaembu e, com golaço de Cristian, venceu por 1 a 0. Agora precisa de um empate para ser bicampeã estadual

A zebra apareceu na primeira partida da final do Campeonato Paulista 2014 . Equipe de melhor defesa da competição, o Ituano segurou o Santos no Pacaembu e, com um golaço de Cristian, venceu por 1 a 0, saindo na frente na briga pelo segundo título estadual de sua história. O time do interior joga agora por um empate no duelo de volta, marcado para o próximo domingo, novamente na capital paulista.

Veja os melhores momentos de Ituano 1 x 0 Santos


O jogo colocou frente a frente o melhor ataque contra a melhor defesa do estadual. Levou a melhor a defesa do Ituano, que agora soma cinco partidas seguidas sem sofrer gols – o time levou dez nos 18 confrontos que fez até aqui. O Santos, que balançou as redes 46 vezes, ficou no zero pela segunda vez na competição.

Veja as imagens das decisões dos campeonatos estaduais por todo o Brasil:

Se mantiver o retrospecto e não sofrer gols novamente na semana que vem, a equipe de Itu irá comemorar o bicampeonato paulista – o primeiro título foi em 2002, mas sem a participação dos grandes. Para levantar o 21º troféu de sua história, o Santos precisa de uma vitória por um gol de diferença e triunfar nos pênaltis ou bater o adversário por dois ou mais gols de vantagem no tempo normal.

Zebra de Itu dá as caras no primeiro tempo

Cristian abriu o placar para o Ituano contra o Santos na primeira partida da final do Paulistão
Miguel Schincariol/Gazeta Press
Cristian abriu o placar para o Ituano contra o Santos na primeira partida da final do Paulistão

O Ituano entrou em campo para se defender e, se possível, buscar seu gol em uma das raras subidas ao ataque. Pelo menos no primeiro tempo, deu certo. Após anular o ataque santista por 20 minutos, o clube do interior se aproveitou de falha na marcação e saiu na frente. Esquerdinha deu lindo passe de calcanhar para Cristian, livre dentro da área, acertar o ângulo direito de Aranha e abrir o placar para a zebra de Itu.

O Santos partiu para o ataque e teve a chance de empatar aos 32. Josa tocou com o braço esquerdo na bola na entrada da grande área e o árbitro Rodrigo Ferreira do Amaral, em cima do lance, marcou pênalti. Cícero chutou por cima e o placar seguiu 1 a 0 para o Ituano.

Antes do intervalo teve ainda tempo para uma pequena confusão entre os atletas das duas equipes. Com o lance parado, David Braz chutou a bola em cima de um jogador do Ituano e Anderson Salles foi tirar satisfação com o zagueiro do Santos. Depois de uma troca de empurrões, ambos foram separados e seguiram para o vestiário.

Santos melhora, mas Ituano assegura importante vantagem

Anderson Saççes e Rildo discutem durante o jogo entre Ituano e Santos, no Pacaembu
Reginaldo Castro/Gazeta Press
Anderson Saççes e Rildo discutem durante o jogo entre Ituano e Santos, no Pacaembu

A equipe do interior continuou melhor no início da segunda etapa. Não fosse uma falha do goleiro Vagner, que soltou bola fácil nos pés de Gabriel e se recuperou a tempo, o Ituano passaria os primeiros minutos sem sustos. E só não ampliou sua vantagem graças a grande defesa de Aranha em chute de Rafael Silva aos 15 minutos.

Os santistas continuaram inoperantes no meio de campo, situação que só mudou com a entrada de Rildo. O time praiano passou, enfim, a dominar as ações e criar suas chances, e o jogo se tornou o esperado “ataque contra defesa”. Na melhor tentativa, aos 21, Leandro Damião subiu e cabeceou forte, mas Vagner espalmou.

Eram desta forma, no entanto, as principais tentativas do Santos: jogada aérea. Sem falhar e com muita maturidade, o Ituano se segurou e garantiu importante vantagem para o duelo de volta.

FICHA TÉCNICA
ITUANO 1 X 0 SANTOS

Local: Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data: 6 de abril de 2014 (domingo)
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral
Assistentes: Anderson José de Moraes Coelho e Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo
Público: 27.114 pagantes
Renda: R$ 1.459.355,00
Cartões amarelos: Dick, Jackson Caucaia (Ituano); Neto (Santos)
Gol: ITUANO: Cristian, aos 20 minutos do primeiro tempo

ITUANO: Vágner; Dick, Alemão, Anderson Salles e Dener; Josa, Paulinho (Marcelinho), Jackson Caucaia e Cristian (Claudinho); Rafael Silva (Gercimar) e Esquerdinha
Técnico: Doriva

SANTOS: Aranha; Bruno Peres, Neto, David Braz e Emerson; Arouca, Cícero e Gabriel (Rildo); Geuvânio (Stéfano Yuri), Leandro Damião e Thiago Ribeiro (Alan Santos)
Técnico: Oswaldo de Oliveira

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.