Tamanho do texto

Lateral terá a concorrência do ex-jogador da Ponte Preta e disse que existe 'dono da posição'

Fagner, lateral do Corinthians
Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians
Fagner, lateral do Corinthians

Emprestado pelo Wolfsburg no início do ano, Fagner não fez um trabalho muito convincente no Campeonato Paulista, como boa parte da equipe do Corinthians . Ferrugem, da Ponte Preta, foi melhor do que ele e, por isso, chegou para reforçar a lateral direita da equipe do Parque São Jorge.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

Assim, haverá efetivamente uma concorrência pela posição, algo que não aconteceu até aqui na temporada. O reserva de Fagner vem sendo Guilherme Andrade, volante improvisado que não joga uma partida há mais de um ano. Diego Macedo, a outra alternativa, não fica nem no banco.

O ainda dono da lateral disse que o novo rival pela vaga será bem-vindo. "É importante que cheguem atletas para ajudar a gente. Ele vai ser bem recebido, como eu fui também, como todos são aqui. Temos de nos preparar para fazer um bom Campeonato." Brasileiro".

Ferrugem ainda não treina com os novos companheiros porque passa pela bateria de exames de praxe para os reforços. Emprestado por um ano, o atleta de 26 deverá assinar o seu contrato, começar efetivamente a treinar e ser apresentado ao longo da próxima semana.

Fagner está esperto. "Não existe dono da posição. O importante é a gente trabalhar no dia a dia, treinar os aspectos que precisam ser melhorados. O Mano está aproveitando o período de treinos que estamos tendo para ajustar o que precisa ser ajustado. Vou fazer o meu melhor para seguir jogando", afirmou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.