Tamanho do texto

Atlético-MG empatou na Colômbia e garantiu classificação às oitavas de final da Libertadores

O técnico Paulo Autuori elogiou o empenho dos jogadores do Atlético-MG no empate por 1 a 1 contra o Independiente Santa Fé , na Colômbia. O resultado garantiu a classificação antecipada do Galo para as oitavas de final da Copa Libertadores. Para o comandante alvinegro, a equipe fez um bom primeiro tempo, mas caiu de produção na etapa final.

Atlético-MG segura empate com Santa Fé e se garante nas oitavas da Libertadores

"É o que tenho dito, em jogos de Libertadores o que vale é o espírito de sacrifício e a capacidade de sofrimento. No primeiro tempo, poderíamos ter saído com uma vantagem maior. A equipe esteve compacta, teve posse de bola. No segundo tempo, a gente sabia que eles viriam para o 'abafa' e acabamos sentindo muito, dando espaço e sofrendo o gol", analisou.

Autuori afirmou que, ao término do confronto no Estádio El Campín, em Bogotá, já passou a pensar no clássico de domingo, no Independência, o primeiro da final do Campeonato Mineiro. O treinador quer utilizar o pouco tempo que tem para recuperar os atletas para o duelo contra o arquirrival Cruzeiro.

"Desde o apito, já estou envolvido com o clássico. Temos que aproveitar o pouco tempo que temos para nos recuperar. A comissão técnica do Atlético-MG já mostrou que é muito forte pela maneira com que consegue recuperar jogadores de um jogo para outro", disse o comandante alvinegro, que espera um grande clássico.

"Espero que seja um grande clássico, dentro e fora de campo, e que possamos passar uma imagem positiva do futebol mineiro. Teremos que jogar nosso melhor, no limite físico, técnico e mental, para conseguir a vitória, que será importante", concluiu.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.