Tamanho do texto

Os três jogadores permaneceram no Departamento Médico nesta terça-feira e são dúvidas para jogo contra o Vitória

Após dois dias de folga e com a semana cheia para treinamentos, o Bahia iniciou nesta terça-feira os preparativos para o clássico Ba-Vi que decidirá o Campeonato Baiano nos dois próximos domingos. Nesta manhã, o elenco se representou e trabalhou no campo principal do Fazendão. As únicas ausências foram o lateral Guilherme Santos, com uma lesão na coxa, o meia Anderson Talisca, com dores no tornozelo, além do atacante Rhayner, com um problema na panturrilha, que permaneceram no Departamento Médico.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

Os três, entretanto, ainda não têm presença descartada na partida deste fim de semana, na Arena Fonte Nova. A situação mais delicada é a do meio-campista Anderson Talisca. Destaque do Tricolor na atual temporada, o jovem sofreu uma entorse no tornozelo no jogo contra o Serrano, no último sábado, e deixou o campo ainda na primeira etapa. Desde então, ele vem realizando tratamento intensivo no CT do Bahia, mas dificilmente conseguirá atuar neste domingo.

"Para o Ba-Vi, o Talisca vai. Só não posso garantir se para esse ou para o do próximo fim de semana. Ele teve uma entorse no tornozelo, que é uma lesão grau 1, com distensão do ligamento. Ele já anda sem dor, mas não posso garantir que ele jogue no domingo. A certeza é só para o próximo", explicou o médico do Tricolor de Aço, Luiz Sapucaia.

Por outro lado, Guilherme Santos e Rhayner têm mais chances de entrar em campo. O lateral, que segue em recuperação de um problema na coxa, tem a participação no clássico praticamente assegurada. Já Rhayner, segundo Sapucaia, vem apresentando boa evolução, mas ainda será reavaliado. Marquinhos Santos aguardará o aval do Departamento Médico para saber se poderá contar com os atletas.

"O Guilherme evoluiu bem. Fizemos a transição para o departamento físico nesta terça-feira, e ele já está trabalhando com musculação. O Rhayner também vem apresentando boa evolução. Ele já está sem dor, e acredito que amanhã ele já fará a transição. A expectativa sobre eles é muito boa", avaliou Sapucaia, antes de dar a sua opinião sobre a presença deles em campo: "Guilherme tenho quase certeza absoluta que vai para o jogo. Rhayner eu preciso de uma nova avaliação", acrescentou.

Bahia e Vitória começam a se enfrentar neste domingo, a partir das 16 horas (de Brasília), na Arena Fonte Nova, em Salvador, pela grande decisão do Campeonato Baiano. O jogo da volta será disputado no próximo dia 13, no Barradão. Por ter feito melhor campanha, o Leão tem a vantagem de jogar por dois empates.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.