Tamanho do texto

Uma vitória do Botafogo contra o Unión Española, nesta quarta, garante o time carioca nas oitavas da Libertadores

Jorge Wagner, meia do Botafogo
Satiro Sodre/SSPress
Jorge Wagner, meia do Botafogo

O Botafogo se prepara para a partida contra o Unión Española-CHI, nesta quarta-feira, no Maracanã, pela Libertadores. Uma vitória garante os alvinegros nas oitavas de final da competição sul-americana. Por conta disso, o meia Jorge Wagner ressaltou a importância de atuar em casa para buscar o resultado positivo.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

"Pelo fato de estarmos acostumados, o Botafogo é muito forte no Maracanã. As outras equipes têm conhecimento, sabem disso, é hora de estourar e mostrar nossa força. É jogar para a frente e buscar sempre o gol, não deixar o adversário ter liberdade. É a nossa forma de jogar, não vai ser diferente. Fomos trabalhando, jogando partida por partida, sabendo as nossas condições. Hoje, estamos perto de conseguir essa classificação. É fruto de um trabalho. Tem muita coisa para acontecer. Vai ser um jogo difícil, mas temos tudo para sair com a vitória e a classificação", disse.

Confira classificação, jogos, notícias e artilharia da Libertadores

Para esta partida, o Botafogo não poderá contar com o volante Gabriel e o atacante Ferreyra, suspensos pelo acúmulo de cartões amarelos. Para os seus lugares, Bollati e Henrique foram confirmados. Jorge Wagner destacou que o elenco alvinegros é qualificado e não vai sofrer com os desfalques.

"São jogadores que vêm treinando com a gente e sempre tendo a oportunidade nos jogos. Acredito que não vamos ter dificuldades, pois são jogadores de grande qualidade. Henrique sempre conseguiu fazer bons jogos e gols e o Bolatti tem conseguido destaque no meio, tem bom passe, sempre olhando para a frente, fazendo jogadas e chegando como elemento-surpresa. Lucas teve oportunidade no último jogo, sempre busca as jogadas pelas laterais e chega no fundo com qualidade. Continuamos com um time bastante forte", declarou.

O experiente jogador também afirmou que a presença da torcida será fundamental para o Botafogo na quarta-feira, no Maracanã. Para Jorge Wagner, a equipe entra em campo mais motivada quando vê o estádio cheio.

"Conversamos bastante entre nós, queremos ir a campo, ver estádio cheio e a presença da nossa torcida. Faz a diferença. Acompanhamos no Brasileiro, a torcida teve participação decisiva. Em momento como esse, tão sonhado por clube, jogadores, diretoria e torcedor é importante estarmos todos juntos. Esperamos contar com a presença da torcida", comentou.

Com sete pontos, o Botafogo é o líder do grupo 2 da Libertadores. O Unión Española está na vice-liderança, com um a menos. Independiente Del Valle-EQU e San Lorenzo-ARG estão atrás, com cinco.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.