Tamanho do texto

Goleiro e atacante ficaram de fora para fazer reforço muscular na academia do clube, mas devem jogar diante da Ponte Preta

No último treinamento do Santos antes da partida contra a Ponte Preta, realizado nesta tarde, no CT Rei Pelé, o técnico Oswaldo de Oliveira exigiu que os santistas aprimorassem as cobranças de pênalti. A atividade não contou com o goleiro Aranha e o atacante Thiago Ribeiro, que realizaram reforço muscular na academia do clube, mas devem jogar.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

Gabriel foi o jogador que teve o melhor aproveitamento nas penalidades: a jovem promessa santista converteu todas as cobranças. Em contrapartida, o zagueiro Neto teve o pior desempenho, errando os três pênaltis que cobrou.

Confira confrontos, notícias e artilharia do Campeonato Paulista

Em relação ao time que venceu o Palmeiras no clássico, deverão ser cinco as mudanças no Santos. Poupados naquela partida, os titulares Cicinho, Jubal, Arouca, Cícero e Leandro Damião entrarão nas vagas de Bruno Peres, David Braz, Alison, Alan Santos e Rildo (que sequer ficará no banco, porque está emprestado pela Ponte e o Santos não pagou a multa estipulada em contrato para que ele pudesse atuar).

Santistas e pontepretanos se enfrentarão às 19h30 (de Brasília) desta quarta-feira, na Vila Belmiro, em jogo válido pelas quartas de final do Campeonato Paulista.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.