Tamanho do texto

Treinador prevê grandes dificuldades na semifinal do Gauchão, contra o Brasil de Pelotas, equipe que somou os mesmos 32 pontos da sua equipe até agora no campeonato

Como não poderia deixar de ser, o técnico Enderson Moreira elogiou bastante a atuação do Grêmio na vitória por 3 a 0 sobre o Juventude , neste domingo, na Arena. Ainda assim, acha que a equipe tem espaço para melhorar. Para ele, o Grêmio perdeu a concentração após abrir a vantagem de três gols no placar e cedeu campo ao Juventude, que poderia ter descontado nos minutos finais.

Gremista Dudu em ação contra o Juventude pelo Gauchão
Luciano Leon/Futura Press
Gremista Dudu em ação contra o Juventude pelo Gauchão

"Temos que enaltecer o trabalho da equipe. Gostei muito dos primeiros 30 minutos, quando tivemos muita qualidade e intensidade, sem relaxar. Nos últimos 15 minutos do jogo, com a vantagem construída, a gente deu uma desconcentrada, que é natural, mas ainda assim vou chamar a atenção dos jogadores, pois não pode acontecer", analisou o comandante tricolor.

Enderson prevê grandes dificuldades na semifinal, contra o Brasil de Pelotas, equipe que somou os mesmos 32 pontos do Grêmio até agora no campeonato: "é uma grande equipe, muito bem treinada. É um jogo extremamente difícil, um dos mais complicados da temporada", prevê o treinador.


A partida desta quarta-feira será na Arena, às 19h30. Em caso de empate, o finalista será conhecido nos pênaltis. Enderson deverá comandar um único treino antes deste confronto, na próxima terça-feira. Nesta segunda, o elenco gremista deve realizar exercícios regenerativos, para acelerar a recuperação após a vitória sobre o Juventude.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.