Tamanho do texto

Time de Paulo Autuori vem oscilando bastante no ano e sendo vaiado pela torcida, enquanto rival está em uma crescente

Atlético-MG tem oscilado boas e más apresentações na temporada
AP
Atlético-MG tem oscilado boas e más apresentações na temporada

Atlético-MG e América-MG começam neste domingo, às 16h, no Independência, a decidir uma vaga para a grande decisão do Campeonato Mineiro. As duas equipes vivem momentos distintos psicologicamente, o que pode pesar no momento decisivo. O Coelho vem em um crescente, colecionando vitórias, enquanto o Galo tem oscilado entre exibições discretas ou muito ruins, motivando vaias da torcida.

O favoritismo seria do Atlético-MG, mas os ingredientes do clássico prometem gerar um confronto equilibrado. O goleiro Victor espera um duelo bastante complicado, e acredita que para os alvinegros triunfarem será preciso a equipe ter atenção total nos dois jogos da semifinal.

"O América-MG vem evoluindo, está em uma crescente e os jogadores de frente vivem bom momento, o Obina, o Tchô. Eles estão vindo de vitórias consecutivas difíceis e fora de casa, resultados que renderam uma classificação, então, temos que estudar muito bem o adversário para não sermos surpreendidos", declarou.

Na fase de classificação do Mineiro, as melhores atuações do Atlético-MG foram vistas com o time reserva em campo, mas para o clássico deste domingo, o técnico Paulo Autuori vai escalar os titulares, que vem sendo questionados. O treinador entende que é uma boa chance de R10 e o restante da equipe mostrarem serviço para os torcedores.

Como fez melhor campanha na primeira fase, o Galo joga as duas partidas decisivas com vantagem de dois empates, ou vitória e derrota pela mesma diferença de gols. Neste domingo, o mando de campo será do América-MG, e o atacante Willians, espera que os americanos conquistem um bom resultado no Horto.

"O jogo é bom e é uma partida que todo mundo gosta de disputar. São dois jogos decididos na desatenção do adversário. Jogando em casa temos que fazer uma boa partida, tentar vencer para dar tranquilidade no jogo de volta. Ninguém acreditava na nossa classificação e mudamos o panorama. Quem sabe agora não surpreendemos também", disse.

O Coelho terminou o Estadual na terceira colocação, com 18 pontos em 11 jogos, mas nas primeiras rodadas, a equipe chegou a correr risco de rebaixamento, reagindo após a chegada do técnico Moacir Júnior. "Mostramos que somos um grupo forte, e que podemos vencer o Atlético-MG para decidir o campeonato", afirmou.

O treinador americano deverá escalar a mesma equipe da última partida, contra a Caldense. O atacante Obina passou a semana em tratamento de uma lesão muscular na coxa, mas foi liberado pelos médicos do América-MG e estará em campo neste domingo, o que deixa os torcedores do Coelho mais animados por terem o principal atacante em condições de atuar.

FICHA TÉCNICA
AMÉRICA-MG X ATLÉTICO-MG

Local: Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG)
Data : 23 de março de 2014, domingo
Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro: Cleisson Veloso Pereira (CBF/FMF)
Assistentes: Celso Luiz da Silva (CBF/FMF) e Wesley Moreira de Carvalho (CBF/FMF)

AMÉRICA-MG: Matheus; Elsinho, Lula, Leandro Guerreiro e Carlos Renato; Diego, Andrei Girotto, Willians e Tchô; Ricardinho e Obina
Técnico: Moacir Júnior

ATLÉTICO-MG: Victor; Marcos Rocha, Leonardo Silva, Otamendi e Dátolo; Pierre, Josué, Tardelli e Ronaldinho; Neto Berola (Guilherme) e Jô
Técnico: Paulo Autuori

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.