Tamanho do texto

Treinador deixará os jogadores pendurados de folga visando o mata-mata e dará oportunidades para os suplentes

Classificada às quartas de final do Campeonato Paulista, a Ponte Preta deverá ir a campo no próximo domingo, às 16h (de Brasília), no Moisés Lucarelli, diante do Mogi Mirim, pela última rodada a primeira fase do Estadual, sem alguns jogadores, que estão pendurados com cartões amarelos. O lateral direito Ferrugem é um dos componentes dessa lista e cederá sua vaga para Neílson. O substituto prometeu conquistar a confiança do técnico Vadão.

Confira a classificação do Campeonato Paulista

"Estou esperando mais esta oportunidade. Será o meu primeiro jogo em casa. Temos que ir bem, quero muito mostrar meu futebol. Será uma chance importante para mim e para poder ajudar o time", disse.

Vadão deixará os jogadores pendurados de folga visando o mata-mata. No próximo dia 26 de março, os campineiros encaram, na Vila Belmiro, o Santos, melhor ataque da competição até aqui.

Mesmo sendo lateral de origem, ao contrário de Ferrugem, Neílson acredita que, para conquistar um espaço definitivo na equipe titular, precisará mostrar serviço. Dessa forma, além de conquistar a preferência do treinador, agradará a torcida, fator que ele considera indispensável em jogos em casa.

"Os torcedores são fundamentais. Não só eu, mas os outros atletas também devem jogar na presença deles pela primeira vez este ano. Tenho certeza que os fanáticos verão que a Ponte tem um bom elenco", finalizou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.