Tamanho do texto

Em jogo movimentado, time santista conseguiu buscar a igualdade, mas agora está atrás do Palmeiras na classificação geral por pontos ganhos no estadual

Em um movimentado jogo disputado no estádio Augusto Schmidt neste domingo, válido pela 14ª rodada do Campeonato Paulista , Rio Claro e Santos empataram por 3 a 3. Geuvânio, Gabriel e Cícero marcaram para o Alvinegro, enquanto os donos da anotaram seus gols com Renan Diniz (dois) e Léo Costa.

Confira a classificação atualizada, artilharia e notícias do Campeonato Paulista

Com o resultado, o Santos, líder do Grupo C, chegou aos 33 pontos - dois a menos que o Palmeiras , líder do Grupo D e melhor equipe da competição. O Rio Claro segue na terceira colocação da chave D, agora com 20 pontos.

Geuvânio (à direita) marcou um dos gols do Santos diante do Rio Claro
Helio Suenaga/Gazeta Press
Geuvânio (à direita) marcou um dos gols do Santos diante do Rio Claro


No próximo domingo, o Santos terá de vencer o Palmeiras, na Vila Belmiro, para terminar a primeira fase com a melhor campanha. Já Rio Claro precisará derrotar a Portuguesa no Canindé e torcer por uma derrota do Bragantino contra o Paulista para chegar às quartas de final.

O jogo - Aos 15 minutos, uma jogada individual de Rildo quase resultou na abertura do placar. O atacante santista recebeu na ponta esquerda, invadiu a área, livrou-se de três jogadores do Rio Claro, mas, no momento da finalização, chutou torto, para longe da meta.

A pressão do Santos na saída de bola surtiu efeito aos 21. Gabriel roubou a bola pelo lado direito e passou para Rildo, que lançou Leandro Damião. O camisa 9 santista ajeitou de calcanhar para Geuvânio, que finalizou com força e contou com a colaboração do goleiro Cléber.

Em rápida jogada de contra-ataque, puxada por Arouca, aos 30 minutos, o Santos quase fez o segundo. Gabriel recebeu do volante santista e finalizou com força da entrada da área. O goleiro Cléber rebateu mal, Carlinhos falhou na saída e Gabriel, novamente, chutou para boa defesa do goleiro adversário.Dois minutos mais tarde, o Rio Claro assustou a torcida santista. Rafael Costa recebeu perto da meia-lua e finalizou rasteiro, com força. A bola passou rente à trave esquerda defendida por Vladimir.

Aos 38 minutos, Vladimir evitou o que seria o gol de empate do Rio Claro. Nando Carandina arriscou de longe e o goleiro santista teve de se esticar para cair no canto direito e ceder escanteio aos anfitriões.

Quatro minutos depois, o Vladimir se tornou vilão. Após escanteio pela direita, o goleiro santista saiu mal do gol e Renan Diniz, livre de marcação, só precisou empurrar a bola para o fundo das redes, decretando o empate.

Logo aos dois minutos da segunda etapa, o Rio Claro perdeu a chance de virar o placar. Carlinhos cruzou para área, Cicinho falhou e André Luiz dominou a bola de frente para Vladimir. Com a perna esquerda, o camisa 11 do Galo Azul finalizou para fora.

Pressionado no início da etapa complementar, o Santos se aproveitou de uma falha da defesa do Rio Claro para marcar o segundo. Marllon errou na saída, Damião recuperou a bola e passou para Geuvânio, que cruzou na medida para Gabriel. Com uma cabeçada precisa, o camisa 7 santista acertou o ângulo esquerdo de Cléber.

Leandro Damião quase marcou o terceiro do Peixe aos 11 minutos. Após escanteio cobrado pela direita, o centroavante acertou cabeçada no travessão.

Novamente em bola parada e com o zagueiro Renan Diniz, o Rio Claro empatou a partida. Após escanteio cobrado pelo lado direito, Renan Diniz subiu livre e cabeceou com força.

Dois minutos depois, Emerson foi à linha de fundo e cruzou na cabeça de Cícero, que mandou a bola por cima do gol.

No lance seguinte, o Rio Claro virou o placar. Com um passe preciso, Patric colocou Léo Costa na cara do gol. Um dos artilheiros do Campeonato Paulista, o meia-atacante finalizou com categoria, no canto direito de Vladimir.

O Santos deixou a partida empatada de novo aos 29 minutos. Rildo fez jogada individual pela esquerda e sofreu falta. Na cobrança, Geuvânio cruzou na cabeça de Cícero, que mandou a bola no canto direito de Cléber.

FICHA TÉCNICA
RIO CLARO 3 X 3 SANTOS

Local: Estádio Augusto Schimidt, em Rio Claro (SP)
Data: 16 de março de 2014, domingo
Horário: 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Thiago Duarte Peixoto
Assistentes: Marcio Luiz Augusto e Fabio Rogerio Baesteiro

Cartões amarelos: Robson (Rio Claro); Cicinho, Stéfano Yuri e David Braz (Santos)

Gols: RIO CLARO: Renan Diniz, aos 42 minutos do primeiro tempo e aos 23 do segundo, e Léo Costa, aos 26 do segundo tempo

SANTOS: Geuvânio, aos 21 minutos do primeiro tempo, Gabriel, aos seis do segundo e Cícero, aos 29 do segundo tempo

RIO CLARO: Cléber; Carlinhos, Marllon, Renan Diniz e Henrique Choco; Nando Carandina, Patrik, Léo Costa e Rafael Costa; André Luiz e Robson (Wendell) (Alex Afonso)
Técnico: Fahel Júnior

SANTOS: Vladimir, Cicinho, Jubal, David Braz e Emerson; Arouca e Cícero; Gabriel (Alison), Geuvânio, Rildo (Diego Cardoso) e Leandro Damião (Stéfano Yuri)
Técnico: Oswaldo de Oliveira

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.