Tamanho do texto

Clube do meia Raffael surpreendeu o atual vice-campeão da Liga dos Campeões e agora luta para entrar no G6 do Alemão

Raffael comemora o gol, marcado por ele, do Mönchengladbach sobre o Dortmund
AP Photo/Frank Augstein
Raffael comemora o gol, marcado por ele, do Mönchengladbach sobre o Dortmund

Com um gol do meia brasileiro Raffael, o Borussia Mönchengladbach surpreendeu e bateu o "xará" de Dortmund por 2 a 1 na manhã deste sábado, em pleno Signal Iduna Park, e ganhou mais fôlego ainda na luta pelo G-6 do Campeonato Alemão .

Agora, o Bayern de Munique só precisa de mais três vitórias para confirmar o título nacional sem depender de mais ninguém. Neste sábado, às 14h30 (de Brasília), os comandados do técnico Pep Guardiola começarão a contagem regressiva contra o Bayer Leverkusen, na Allianz Arena.

LEIA TAMBÉM: De virada, Schalke 04 bate Augsburg e assume terceira posição

Vindo de duas vitórias na Bundesliga, o Borussia Dortmund começou pressionando, mas viu os adversários equilibrarem o jogo rapidamente. Aos 30 minutos, Raffael recebeu passe no meio da área e, com um leve toque, mandou a bola para o cantinho esquerdo do goleiro Weindenfeller.

O tento desconcertou os mandantes, que sofreram o segundo nove minutos depois. O atacante Kruse foi acionado pela esquerda e, com um drible desconcertante, tirou Piszczek e Weidenfeller da jogada, ficando com caminho livre para ampliar.

Veja a classificação, artilharia e notícias do Campeonato Alemão

Sem o meia Mkhitaryan, suspenso, a equipe do treinador Jürgen Klopp abusou dos passes errados, irritando a fanática torcida do Dortmund. Mesmo assim, o time diminuiu faltando 15 minutos para o término do duelo, com o atacante Jojic em chute de fora da área e desvio na marcação adversária.

Com um jogador a mais, já que o meia Nordtveit havia sido expulso momentos antes do tento, o Dortmund ensaiou uma pressão, mas parou na polêmica: aos 45, Lewandowski dividiu com Ter Stegen, e a bola sobrou para Ducksch marcar, mas a arbitragem viu falta do polonês no goleiro.

O lance gerou muitas reclamações de Klopp, que também acabou sendo expulso de campo. Mas, no apito final, o setor visitante do estádio comemorou a quebra do jejum de 15 anos sem vitórias sobre o Borussia Dortmund fora de casa.

Na vice-liderança, com 48 pontos, o Dortmund voltará a campo no sábado que vem, tentando a recuperação diante do Hannover 96, fora de casa. Enquanto isto, o Mönchengladbach tentará se aproximar ainda mais da zona de classificação para a Liga Europa contra o Werder Bremen, um dia antes.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.