Tamanho do texto

Duelo fica equilibrado até o meio do segundo tempo, mas anfitriões desencantam e goleiam no Emirates Stadium

Em busca de encerrar jejum de títulos que já dura quase uma década, o Arsenal deu mais um passo rumo ao troféu da Copa da Inglaterra desta temporada. Neste sábado, o time londrino encontrou dificuldades durante boa parte do jogo contra o Everton, no Emirates Stadium, mas acabou goleando o rival por 4 a 1 e garantiu vaga nas semifinais da competição nacional.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros internautas

Atuando dentro de seus domínios, o time comandado pelo treinador Arsene Wenger fez valer o mando de campo logo aos sete minutos, quando o meio-campista Mesut Ozil aproveitou assistência de Santi Cazorla e, de perna esquerda, colocou os mandantes em vantagem no placar. Entretanto, ainda no primeiro tempo, o centroavante belga Romelu Lukaku completou cruzamento de seu compatriota Kevin Mirallas e igualou o marcador.

Mikel Arteta e Olivier Giroud comemoram gol do Arsenal na goleada sobre o Everton pela Copa da Inglaterra
AP
Mikel Arteta e Olivier Giroud comemoram gol do Arsenal na goleada sobre o Everton pela Copa da Inglaterra

Equilibrado, o confronto ganhou novo ritmo depois da entrada do centroavante Olivier Giroud, aos 16 minutos da etapa complementar. Aos 22 minutos, o meia-atacante Alex Oxlade-Chamberlain foi derrubado dentro da área e o árbitro Mark Clattenburg marcou pênalti. Na cobrança, o volante Arteta deslocou o goleiro e marcou, mas Giroud invadiu a área e o gol foi invalidado. No novo arremate, o espanhol converteu outra vez.

Após retomar a vantagem no placar, o Arsenal passou a controlar as ações do confronto e contou com desempenho decisivo do centroavante francês para garantir vaga na fase seguinte. Aos 38 e 40 minutos, Giroud recebeu assistência de Sagna e Ozil, respectivamente, e definiu a goleada no Emirates Stadium.

Com este resultado, o clube londrino assegura vaga nas semifinais do torneio nacional. Pelo lado do Everton, o treinador Roberto Martínez fracassa na tentativa de conquistar o bicampeonato da competição, já que na última temporada triunfou de maneira surpreendente sobre o Manchester City no comando do Wigan.

    Leia tudo sobre: futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.