Tamanho do texto

Mesmo com aproveitamento bem abaixo em relação aos líderes dos demais grupos, o time do Morumbi garantiu vaga nas quartas de final ao vencer o Audax por 4 a 0

O aproveitamento de um pouco mais de 58% foi o suficiente para dar ao São Paulo o posto do primeiro a garantir vaga nas quartas de final do Campeonato Paulista . Apesar de ter a pior campanha entre os líderes dos demais grupos, o time do Morumbi chegou aos 21 pontos e à primeira colocação do Grupo A ao vencer o Audax, por 4 a 0 , na noite última quarta-feira.

Confira a tabela de classificação do Campeonato Paulista

Luis Fabiano comemora um de seus gols na vitória do São Paulo sobre o Audax pelo Paulistão
Gazeta Press
Luis Fabiano comemora um de seus gols na vitória do São Paulo sobre o Audax pelo Paulistão

Restando três rodadas para o fim da primeira fase, o São Paulo levou a melhor na briga com o Penapolense – sensação do campeonato e favorito a carimbar a segunda vaga do grupo – ao engatar uma série de cinco jogos de invencibilidade (três empates e duas vitórias), depois de amargar uma derrota por 2 a 1 diante da Ponte Preta, na 7ª rodada. O regulamento do torneio também deu um empurrãozinho ao time de Muricy Ramalho.

A nova fórmula de disputa chegou a causar confusão ao permitir que o time se classificasse para a segunda fase e ao mesmo tempo mantivesse chances de ser rebaixado à Série A2, ainda no início do Estadual. A disparidade da competição era tão grande que a FPF (Federação Paulista de Futebol) foi obrigada a acrescentar um item no regulamento para evitar que os segundos colocados fossem os quatro últimos no retrospecto geral. Antes, havia a possibilidade de uma equipe rebaixada chegar à final e ainda ser campeã.

E mais: São Paulo aproveita de estilo suicida do Audax, goleia e garante classificação

“Nós começamos a melhorar. Antes, estávamos muito mal. Os grandes do Paulista já estão jogando bem, equiparando-se fisicamente aos (clubes) pequenos. Meu time está correndo bem agora, ocupando os espaços. Estamos com cara de time”, analisou Muricy Ramalho após a vitória no estádio do Morumbi ao acrescentar e lembrar do quase rebaixamento no Brasileirão do ano passado. “"Não tem chinelinho aqui agora. Precisa-se trabalhar para caramba para jogar. Eles (jogadores) fizeram muita coisa errada e quase caíram para a segunda divisão”.

O diagnóstico do time feito pelo comandante tem as suas verdades. Em termos de desempenho, o São Paulo se iguala a Ponte Preta, a segunda colocada do Grupo C. Entre os grandes, só não é pior que o Corinthians, que soma 20 pontos e 55,6% de aproveitamento. Santos e Palmeiras, líderes do Grupo C e D, respectivamente, têm 26 pontos e 78,8%. Números que podem aumentar ainda mais nesta quinta-feira, quando as equipes entram em campo para completar a 12ª rodada.

Veja ainda: Ceni manifesta apoio à ousadia do Audax após goleada do São Paulo

Na próxima fase, o São Paulo encara o segundo colocado do próprio grupo – hoje o Penapolense. Na semifinal os quatro clubes serão divididos em dois grupos tendo como critério a melhor campanha. O time com melhor campanha encara o quarto colocado, e o segundo joga com terceiro.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.