Tamanho do texto

Jovem jogador renovou com o clube até dezembro de 2017, enquanto o novo contratado Lucas Lima aprova estreia diante do Bragantino

O Santos segue tratando de renovar os contratos dos principais jogadores da base e destaques das últimas temporadas, em sua categoria de juniores. Nesta semana, o contrato com o atacante Geuvânio foi estendido até 31 dezembro de 2017. O atleta, que veio de Sergipe e está no clube desde 2009, agora no time profissional veste a camisa 10. 

Geuvânio renovou contrato com a diretoria do Santos
Divulgação/Santos FC
Geuvânio renovou contrato com a diretoria do Santos

Muito contente com a renovação, Geuvânio exaltou orgulho em usar a camisa do Santos. "É motivo de muita alegria para mim, eu sempre trabalhei muito forte para que esse dia chegasse e finalmente ele chegou. Estou muito feliz em renovar meu contrato com o Santos e é uma honra vestir essa camisa muito importante", disse o atacante, que ainda prometeu muita garra e dedicação.

"O Geuvânio é mais um menino que nós acreditamos muito, que sabemos que tem um grande potencial, ele tem mostrado isso no dia a dia dos treinamentos e nos jogos. O Santos reconhece isso e está renovando o contrato dele até 31 de dezembro de 2017", afirmou o superintendente de esportes do Santos, André Zanotta.

Desde a chegada de Oswaldo de Oliveira como treinador da equipe, Geuvânio tem se destacado, e após receber a camisa 10, que um dia foi de Pelé, o seu evoluiu, se tornando um dos principais jogadores do time. Na última partida, quando o Peixe goleou o Bragantino, por 5 a 0, o atacante santista anotou dois gols.

Lucas Lima aprova estreia e recebe elogios de Oswaldo

Além da goleada por 5 a 0 diante do Bragantino, o torcedor santista também pôde ver de perto a nova contratação. O meia Lucas Lima, contratado por R$ 5 milhões junto ao Internacional, fez sua estreia, e em apenas 20 minutos deu uma assistência para o gol de Leandro Damião, o último do jogo.

Lucas Lima recebeu elogios do treinador da equipe Oswaldo de Oliveira, em entrevista coletiva, após o término da partida. "Eu gostei da estreia do Lucas. Ele tem se comportado muito bem nos treinamentos. Por isso, dei a ele a oportunidade de jogar na Vila. É um jovem que vem trabalhando, vai se entrosar e render aqui o que a gente espera", disse.

Além do passe para o gol de Leandro Damião, Lucas Lima quis mostrar serviço e ao longo do jogo, procurou articular as jogadas ofensivas do time, fez tabelas e quase marcou um gol de falta, no fim da partida. Após o jogo, o atleta se dizia contente e aprovava os seus primeiros minutos em campo pelo Santos.

"Graças a Deus consegui dar uma assistência. Eu fico feliz, mas o mais importante foi o resultado positivo e o ritmo que a gente impôs aqui dentro da Vila. Fiquei muito ansioso, mas minha família deu tranquilidade, meus companheiros falaram para eu trabalhar forte. Fiz isso e deu certo. Fomos merecedores da vitória. Além disso, estou treinando forte para entrar e mostrar serviço, e pude até dar gol para o Damião", ressaltou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.