Tamanho do texto

Time do Parque São Jorge se reencontrou com a vitória no Campeonato Paulista ao bater o Oeste de virada por 2 a 1

Mano Menezes, técnico do Corinthians
Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians
Mano Menezes, técnico do Corinthians

Mano Menezes vinha cobrando o que chamou de "imposição" do Corinthians , especialmente no confronto com equipes menores. O técnico ficou satisfeito nesse sentido na vitória por 2 a 1 sobre o Oeste, a primeira após seis jogos e quase um mês.

"Tomamos um gol de bate-rebate logo no começo, mas a equipe teve muita postura, muita imposição, uma resposta firme, forte, para poder virar o jogo", disse, atrapalhado por um torcedor ainda insatisfeito que gritava. "Sempre tem um chato, né?", sorriu.

O treinador comemorou que, enfim, o time do Parque São Jorge tenha voltado a conquistar três pontos. Ele valorizou a atuação regular - só Romarinho e Jadson destoaram positivamente - especialmente por causa das condições ruins do gramado do Teixeirão.

"A equipe jogou bem, criou espaços mesmo em um gramado muito difícil de ser jogado. Gostaria de fazer uma solicitação. Sei que a parte econômica é importante, mas que se faça uma vistoria técnica antes da transferência da partida. Os jogadores são muito cobrados por erros de passe, mas é só caminhar ali dentro...", reclamou.

"Mesmo assim, a equipe encontrou espaços. Primeiro, pelo lado direito. O posicionamento deles abriu espaço, e levamos o Jadson para a direita para se juntar ao Romarinho. Com duas conclusões belíssimas, de uma distância razoável, conseguimos virar o jogo", concluiu Mano.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.