Tamanho do texto

Bastaram dois jogos para meia deixar de lado problemas físicos do início do ano, quando ainda estava no São Paulo

Jadson é abraçado por Fágner após marcar seu primeiro gol pelo Corinthians
Rubens Cardia/Futura Press
Jadson é abraçado por Fágner após marcar seu primeiro gol pelo Corinthians

Jadson está animado com o início de sua trajetória no Corinthians . Bastaram dois jogos e um gol para o meia deixar completamente de lado os problemas físicos do início de temporada, quando ainda estava no São Paulo. Ele nem cogita ser poupado pelo técnico Mano Menezes nas próximas rodadas do Campeonato Paulista.

"Não estou sabendo de nada disso. Vamos voltar a treinar amanhã, quando o Mano verá o que fazer para o jogo", comentou Jadson, nesta quinta-feira, de volta a São Paulo após a vitória por 2 a 1 sobre o Oeste em São José do Rio Preto.

Após retornar das férias de final de ano, o reforço do Corinthians era publicamente criticado por Muricy Ramalho pelo seu condicionamento físico. O técnico dizia que não utilizaria o jogador "mais ou menos" no São Paulo e gostou de sua troca pelo atacante Alexandre Pato.

O momento atual de Jadson é completamente diferente. O meia foi ovacionado por torcedores em suas duas primeiras apresentações pelo Corinthians. Na última, diante do Oeste, acertou um belo chute de fora da área e garantiu o resultado positivo.

"Fico feliz de ter ido bem contra o Palmeiras e novamente agora. Quero continuar ajudando o Corinthians e os meus companheiros, jogando bem", projetou Jadson.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.