Tamanho do texto

Médico explica que o tratamento conservador não surtiu efeito para o zagueiro do Atlético-MG

Réver, zagueiro do Atlético-MG
Flickr/Atltético-MG
Réver, zagueiro do Atlético-MG

O zagueiro Réver será submetido a cirurgia para tratamento de lesão no tornozelo esquerdo. A informação foi dada pelo médico Rodrigo Lasmar após o empate do  Atlético-MG com Cruzeiro neste domingo, no Independência. O tratamento não surtiu efeito, e a cirurgia pode afastar o jogador por até três meses. O sonho de ir à Copa, assim, fica por um fio.

"Apesar do tratamento que fizemos, o Réver ainda se queixa de algumas dores, sente o impacto no tornozelo, que gera uma inflamação com um edema ósseo. Tivemos uma melhora importante, mas todo esforço maior ele sentia dor de novo. Então, ele será submetido a um procedimento cirúrgico nesta semana, uma artroscopia, para a correção dessa lesão", explicou.

"Não existe uma expectativa certa de retorno, deve ser de dois a três meses de recuperação, mas, depois do procedimento, podemos ter uma ideia mais precisa", declarou o médico.

O Atlético-MG já tinha perdido o zagueiro Emerson por motivo de lesão nesta temporada, e agora fica sem o capitão Réver. Para suprir a carência de jogadores para a zaga, a cúpula atleticana já tinha corrido ao mercado e acertado a contratação do argentino Otamendi, que estreou neste domingo, e Edcarlos, que ficou no banco de reservas no clássico.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.