Tamanho do texto

Campanha "Rivais só no campo" terá entrevista conjunta de presidentes e técnicos dos dois clubes na sexta-feira

Lance do último duelo entre Corinthians e Palmeiras, em fevereiro de 2013
Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians
Lance do último duelo entre Corinthians e Palmeiras, em fevereiro de 2013

As diretorias de Corinthians e Palmeiras se uniram antes do clássico deste domingo para promover um clima de paz entre as duas torcidas. Em iniciativa inédita, os dois clubes acertaram que a tradicional entrevista dos técnicos da sexta-feira será no mesmo local. Mano Menezes e Gilson Kleina farão seus prognósticos para o dérbi no estádio do Pacaembu ao lado dos presidentes Mario Gobbi e Paulo Nobre a partir das 11h desta sexta.

"A ação idealizada em conjunto pelos clubes visa mostrar que a rivalidade entre ambos existe apenas dentro de campo, durante a partida. O objetivo é incentivar a paz nos estádios e o bom relacionamento entre os times", disse o Corinthians em nota no seu site oficial.

Palmeirenses amanhecem no Allianz Parque para garantir ingressos

Tanto Corinthians como Palmeiras farão treinos secretos na tarde de sexta-feira e esta será a última oportunidade de os jornalistas entrevistarem os dois técnicos antes antes do jogo de domingo válido pela oitava rodada do Campeonato Paulista. 

Mano planeja escalar Renato Augusto e deixar Jadson no banco

Além da coletiva, ficou acertado que os dois times entrarão juntos no gramado antes da partida de domingo carregando a faixa com os dizeres "Adversário não é inimigo. Rivais só em campo", e se posicionarão de forma intercalada durante o hino nacional.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.