Tamanho do texto

Milan agora acumula oito derrotas no Italiano, ocupando a 10ª colocação. Já o Napoli segue com terceiro lugar

Balotelli teve atuação discreta no Milan diante do Napoli e acabou substuído
Giampiero Sposito/Reuters
Balotelli teve atuação discreta no Milan diante do Napoli e acabou substuído

Pela primeira vez desde a chegada de Seedorf, o Milan voltou a perder no Campeonato Italiano . Desta vez, a equipe foi superada fora de casa pelo Napoli, que impôs uma virada de 3 a 1 e controlou a partida. Higuaín, duas vezes, e Inler marcaram para os mandantes, enquanto Taarabt fez o único do Milan.

Deixe seu recado e comente com outros leitores

Após ser substituído, o polêmico atacante Mario Balotelli, que teve uma atuação discreta, chorou no banco de reservas do Milan. A equipe agora acumula oito derrotas no Italiano, ocupando a 10ª colocação. O Napoli, por sua vez, segue firme na briga por uma vaga na Liga dos Campeões. Na terceira posição, a equipe recuperou a vantagem de três pontos sobre a Fiorentina, quarta colocada.

Confira classificação, tabela de jogos, artilharia e notícias do Campeonato Italiano

O estreante Taarabt só precisou de oito minutos para marcar seu primeiro gol pelo Milan. Arrancando em velocidade, o jogador partiu de sua intermediária, carregou a bola até a meia lua adversária e chutou colocado, de fora da área, para inaugurar o marcador.

Mas a alegria dos milaneses durou pouco. Quatro minutos depois, o meio campista Inler chutou com força, a bola desviou na marcação e surpreendeu o goleiro Abbiati, levando um empate para o intervalo da partida.

Higuain foi destaque no Napoli
Giampiero Sposito/Reuters
Higuain foi destaque no Napoli


Com dez minutos do segundo tempo, o Napoli conseguiu a virada. Decisivo, Inler cruzou na área para Higuaín que, com um desvio sutil de cabeça, não perdoou. No lance, o argentino estava completamente sozinho, sem marcação da zaga adversária. Algum tempo depois, Balotelli recebeu livre, disparou em direção ao gol, mas demorou a definir a jogada e acabou entregando a bola à defesa adversária.

Próximo do término da partida, Balotelli foi sacado do time e deu lugar a Pazzini. Inesperadamente, o atacante começou a chorar no banco de reservas enquanto seu time, abatido, demonstrava pouco poder de reação e se conformava com a derrota em campo. O craque italiano ainda assistiu do banco Higuaín fechar o placar, recebendo passe de Callejón.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.