Tamanho do texto

Vice-lanterna do estadual após quatro rodadas, time sub 23 terá seu maior desafio contra o rival Coritiba

A exemplo da temporada passada, o Atlético-PR optou por utilizar sua equipe sub 23 na disputa do Campeonato Paranaense. Porém, os jovens ainda não conseguiram uma vitória e têm, neste domingo, o primeiro clássico do ano pela frente, diante do Coritiba .

Leia também: STJD reduz punições a Vasco e Atlético-PR por briga em Joinville

Neste sábado, o técnico sérvio Petkovic comandou o último treino da equipe antes do confronto. O elenco foi dividido em dois grupos: uma parte realizou um treino tático uma hora mais cedo que os demais, que desceram ao gramado para a disputa de um jogo-treino contra o Internacional de Campo Largo.

Petkovic vem comandando o Atlético-PR sub 23 no Paranaense
Bruno Baggio/Site Oficial
Petkovic vem comandando o Atlético-PR sub 23 no Paranaense

Com dois empates e duas derrotas no Estadual, os jogadores do Furacão encaram o duelo como um possível ponto de virada na competição em que o time é o 11º colocado.

"Nada melhor do que um clássico para o time se reerguer no Estadual. Você pode olhar nos olhos de cada jogador e perceber que estamos mais focados", declarou o atacante Crislan.Para o goleiro Rodolfo, apesar de o jogo envolver atletas sub-23 de ambas as equipes, ele terá o peso de um clássico entre os times titulares.

"Precisamos manter a tranquilidade e jogar com o coração. Em um clássico você pode ter mentalidade e técnica, mas se você não tiver a força e garra, o time não vai para a frente .Quem não gosta de jogar um Atletiba? Domingo será um clássico Sub-23, mas será um clássico profissional e temos que ‘dar a vida’ dentro de campo", afirmou.

Atlético-PR e Coritiba entram em campo neste domingo, a partir das 19h30 (de Brasília), na Vila Capanema. O jogo é válido pela quinta rodada do Paranaense.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.