Tamanho do texto

Comandante não terá a principal referência na grande área e ensaia time em um novo esquema tático, o 4-5-1

Gilmar Dal Pozzo, técnico da Chapecoense
Site oficial
Gilmar Dal Pozzo, técnico da Chapecoense

Nesta sexta-feira, a Chapecoense fez um treinamento tático visando o embate contra o Joinville, válido pela terceira rodada do Campeonato Catarinense. Para o duelo na Arena JEC, o comandante Gilmar dal Pozzo não poderá contar com sua principal referência na grande área: o centroavante Rodrigo Gral. Para suprir tal ausência, o treinador esboçou a equipe em um novo esquema: o 4-5-1.

Tal configuração terá a presença de três volantes, Wanderson Dedé e Willian Arão, e dois meias de criação, Nenén e Wescley. Único atacante de ofício na formação, Bérgson, que defendeu a Portuguesa no último Campeonato Brasileiro da Série A, terá de reunir a função de centroavante e atacante pelas pontas.

A escalação também traz consigo uma novidade: o lateral-direito Fabiano, titular na campanha do acesso alviverde, ganhou a vaga de Éverton Silva no setor defensivo.

Assim, é esperado que a Chape vá a campo com a seguinte formação: Nivaldo; Fabiano, André Paulino, Rafael Lima e Fabinho Gaúcho; Wanderson, Dedé e Willian Arão; Wescley e Nenén; Bérgson.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.