Tamanho do texto

Jogadores se recusaram a enfrentar a Real Sociedad por conta de atraso no pagamento de salários

Reuters

O Racing Santander foi proibido de disputar a Copa do Rei da próxima temporada depois que seus jogadores fizeram um protesto por salários não-pagos e se recusaram a disputar a partida de quinta-feira, em casa, pelas quartas de final contra o Real Sociedad.

Jogadores do Racing Santander se recusam a jogar em protesto a atraso nos salários
Nacho Cubero/Reuters
Jogadores do Racing Santander se recusam a jogar em protesto a atraso nos salários


A equipe da terceira divisão, que também foi multada, anunciou na segunda-feira que boicotaria o jogo a menos que o presidente Anjo Lavin e sua diretoria, apontados como culpados pelos problemas financeiros do clube, se demitissem.

Os jogadores formaram uma linha ao redor do círculo central quando o jogo começou, e o Sociedad ficou trocando bola no seu meio-campo por cerca de um minuto até que o árbitro interrompeu a partida.

A federação espanhola de futebol (RFEF) confirmou nesta sexta-feira que o Racing Santander perdeu o confronto, levando o Sociedad para as semifinais diante do Barcelona.

O Racing Santander não será autorizado a competir na competição 2014-15 da Copa do Rei, segundo a federação espanhola, que não especificou o valor da multa.

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.